A Chegada

O primeiro aspecto importante da minha viagem à África do Sul surgiu quatro dias antes do embarque: Nelson Mandela, símbolo maior da luta contra o apartheid e ícone sul-africano, morreu, aos 95 anos. Eu chegaria ao país em meio ao seu funeral, já que Tata Madiba, como é chamado por aqui, seria enterrado apenas no dia 15/12, uma semana após minha chegada.

Nelson Mandela
Saí do Rio de Janeiro num Sábado à noite com destino a São Paulo. Lá, no aeroporto de Guarulhos, peguei o vôo da South African Airways para Joanesburgo, na África do Sul.

Já em Guarulhos, pude perceber o que poderia ser uma grande dificuldade no futuro: o inglês sul-africano. O sotaque é totalmente diferente do britânico, americano ou australiano e, algumas vezes, chega a ser difícil de se chegar a uma conclusão sobre que idioma aquela pessoa está falando: “é inglês isso?”. No avião, já tenho sorte: a poltrona do meu lado estava vazia. Nada mal para um vôo de nove horas de duração, durante a madrugada.

Chegando a Joanesburgo, encontrei as primeiras dificuldades de quem viaja sozinha, pela primeira vez, para um lugar que não conhece. Fiquei um pouco perdida no aeroporto, não entendia o que alguns vendedores falavam e checava a passagem a cada 5 minutos, com medo de estar no lugar errado, na hora errada.

Passada a espera, embarquei no vôo para a Cidade do Cabo, no qual fiquei sentada ao lado de duas sul-africanas, que, a julgar pelo retrato de Mandela que orgulhosamente carregavam e os bottoms, estampados com um retrato de Madiba e enfeitados com as cores da bandeira, que carregavam presos ao peito, voltavam da visitação ao corpo do presidente. Percebi ali uma característica do povo africano que ficaria cada vez mais evidente na minha viagem: a simpatia. Elas conversavam alto, riam e me ajudaram a escolher o meu prato no jantar, que, sinceramente, até agora não sei dizer exatamente o que era.

Mandela
Chegando, na noite de domingo, finalmente, ao aeroporto da Cidade do Cabo, encontro com Stanford, motorista da Good Hope Studies, que aguardava por mim no desembarque. Já conheci outro brasileiro, que havia acabado de chegar daquele mesmo vôo, e seguimos para a van da escola. Stanford entregou a cada um uma pasta da escola, que continha um mapa da cidade, um livro com informações úteis sobre a escola e a cidade, além de um livreto com dicas de turismo na Cidade do Cabo e um panfleto do governo com dicas para turistas.

Cape Town
Stanford me trouxe até a casa de família onde eu ficaria hospedada. Quando recebi da escola o email com informações sobre a família e o seu endereço, pesquisei e descobri que o meu bairro, chamado Zonnebloem, fazia parte de uma região chamada Distrito Seis, que, nos tempos do Apartheid, foi um marco, já que as famílias muçulmanas e indianas que aqui viviam foram obrigadas a ir para outros lugares pois o governo queria que esse fosse um bairro de brancos. Além disso, a casa em que ficaria era de um casal muçulmano, já de mais idade.
Chegando à casa, vi minha host mother, Fatima, nos seus devidos trajes muçulmanos, me esperando sorridente. O abraço que me deu já serviu para acabar com o medo que eu sentia de passar um mês vivendo com pessoas de uma cultura tão diferente da minha. Aziz, seu marido, também estava me esperando e me cumprimentou, simpático. Os dois ofereceram comida, pediram para que eu ligasse para minha casa para avisar que havia chegado bem e me ajudaram a subir com minha mala para o segundo andar da casa, onde é meu quarto. Fatima, então, disse que no dia seguinte me levaria à escola para me mostrar o caminho.

Exausta depois da longa viagem e de todo o nervosismo, deitei na cama onde dormiria pelo próximo mês, no quarto confortável que tinha sido arrumado para a minha chegada. A ansiedade pelo dia seguinte, no entanto, não me deixou dormir.

Juliana Medeiros

Juliana Medeiros

Estudante de jornalismo decidiu sair do lugar-comum e partir para um novo destino. Sozinha. Estudar inglês na Cidade do Cabo combinado com trabalho voluntário no Lion Park, próximo a Joanesburgo. Acompanhe aqui.

Receba Nossa Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro de todas as novidades e promoções da CI.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.