Ah, Paris…

Foto: Alê Ferreira / @AleFerreira

Paris, eu voltaria todo mês… Paris é daqueles lugares que tem MUITA coisa pra ver, monumentos, museus, tipos de comida, jardins, bairros. Tudo ali é bonito e a cidade tem aquele clima de romance no ar.

É importante ir pra lá com certas expectativas alinhadas:

1) Lá o atendimento em bares, restaurantes etc é feito na má vontade em sua maioria dos lugares. Tem que ir com essa expectativa, pra se surpreender com cada sorriso e boa recepção de garçons e garçonetes. 😉

2) Por ser uma das principais cidades do mundo ela está sempre cheia. Então programe-se. Não vai achando que numa terça-feira a Torre Eiffel vai estar sem fila só porque você quer.

3) Nunca vai dar tempo de fazer tudo o que queremos, e isso não é ruim. Encare como uma chance de voltar a essa maravilhosa e encantadora cidade. 😉

Então se você tá mochilando e tem três dias na cidade Luz, o que pode fazer?

Vejo Paris como uma cidade tão linda que só por caminhar em suas ruas e admirar a paisagem já vale a pena.

Os metrôs lá são estruturados e você consegue ir pra qualquer lugar usando-os, mas infelizmente eles fedem (e muito), portanto se eu pudesse sugerir algo seria: Ande bastante a pé, muitas vezes você pode se surpreender com o caminho do seu hotel até o arco, morrer com lojinhas de bairro e docerias caprichadas. Evite o mau cheiro do metrô contemplando tudo o que Paris pode te oferecer visulamente. 🙂

Então a primeira dica é caminhe, muito!

Segunda dica, se você não faz questão de ver as obras que estão dentro de cada museu se contente em visitá-los do lado de fora. Eu, por exemplo, já fui à Paris duas vezes e nunca entrei no Louvre – porque sei que ver a Monalisa de perto, com calma e ter tempo pra analisar tudo, como pede uma visita ao museu, não é a realidade e segundo que o Louvre é um museu enorme, onde você gasta fácil 3 horas andando pelos corredores intermináveis.

Uma das minhas partes favoritas em Paris é a área do Louvre, onde começa uma caminhada nele e passa pelo Jardim des Tuleries, seguindo na praça da Concórdia e anda na Champs Elysées babando em cada vitrine linda até chegar ao Arco do Triunfo.

Foto: Alê Ferreira / @AleFerreira

Fazer esse passeio é uma delícia, existem jardins que beiram o início da Champs Elysées cheios de passarinhos (pássaros gente, não pombas! :P), sentar alí com um pedacinho de pão e estender a mão para que eles comam nela é demais!

 

Foto: Alê Ferreira / @AleFerreira

Terceira dica: Se sua grana ta curta, escolha um local para ‘subir’ e ter a visão aérea. Dá pra fazer isso na Torre Eiffel, no Arco do Triunfo, Catedral de Notre Dame e em mil lugares. Escolha um, e aproveite o passeio bem.

 

O que você deve ver:

Foto: Alê Ferreira / @AleFerreira

– A Torre Eiffel, claro, e dar uma sentadinha no Champs de Mars.

Se resolver subir na torre, compre antecipadamente no site. Os horários de pôr-do-sol acabam rápido! Fique de olho na estação do ano também, se você for no alto verão, o sol pode se pôr lá pras 20. 😉

Leve um vinho e compre queijos em algum supermercado, tenha uma tarde romântica. Seja sozinho, ou acompanhado pelos amigos. O lugar é lindo demais!

 

Foto: Alê Ferreira / @AleFerreira

– Acompanhe o caminho do rio Sena, e chore por dentro por poder ver tamanha beleza. Faça zigue-zague nas pontes lindas que enfeitam o caminho. Sinta o amor por Paris invadindo suas veias, não dá pra não se apaixonar…

 

Foto: Alê Ferreira / @AleFerreira

Catedral de Notre Dame, ela é liiiinda por dentro e tem uma fila grande pra entrar. É de graça visitar a catedral, mas para subir é pago.

As missas são demais e arrepiantes, mas impossíveis de entrar -Então se pretende ver alguma no domingo, madrugue na porta da Igreja.

– A área do Louvre e o Jardim da Tulleries (aproveite e dê um pulo na praça da Concórdia que é perto.

Outro lugar perfeito para assistir um pôr-do-sol. Nada como chegar por trás da pirâmide do Louvre e ver a Torre lá longe. Aiii aiiii… <3

–  Arco do Triunfo, é simplesmente lindo. Sabe aquelas coisas que a gente estudava quando pequenos e que se materializam em nossa frente? Então, é isso!

Eu não subi no Arco e confesso que nem senti falta.

Ponte Neuf, uma relíquia histórica da cidade. – E todas as outras pontes que você puder visitar, são lindas e os lugares tem paisagens diferentes

Palais du Luxembourg, segundo algumas amigas apaixonadas por Paris é o parque mais lindo de lá. Eu achei bem fofo e vale muito a visita.

As catacumbas de Paris é um must see que eu fiz burrada nas minhas duas idas à cidade e perdi o horário de entrada. 🙁

Bairro Montmatre e Igreja Sacre Coeur

É uma delícia esse lugar, afastado e bem alto, você chega lá e consegue ver a cidade toda. Lembre-se que o bom tempo é essencial pra que role visão do local.

A igreja é bem bela, mas nada fora do comum como a Notre Dame.

Moulin Rouge

Vale pra ver de fora, é caro para visitar e tem perfil de pega turista, ultimamente. Tenho amigas que foram e não gostaram nem um pouco. Mas vale o passeio na rua do fetiche de Paris que tem vários sex-shop gigantes e divertidos. Vale passar uma noite entrando em todos que puder.

Desca no metrô Blanche e ande pela rua principal.

– Palácio de Versailles

Esse fica fora de Paris, mas TEM QUE IR. Isso mesmo, com caixa alta. É impressionante o jardim e a imensidão tão bem planejada. Andar nos bosques de Versailles, se perder e encontrar clareiras.

Mas fique atento: Para ir ao palácio perde-se um dia da viagem, pois é longe e o lugar é enorme. E claro, tem fila pra entrar.

 

Foto: Alê Ferreira / @AleFerreira

Museu do Louvre

Mesmo que seja apenas para ver de fora, vá, o ambiente que o cerca é imperdível!

 

Foto: Alê Ferreira / @AleFerreira

-Ladurée

Aproveite o passeio pela Champs Elysées e entre na Ladurée que tem lá. Dica: Compre o Macaron de frutas vermelhas e o de framboesa. Me ajude a decidir qual o melhor, pois ainda não consegui! hahahaha

– St Germain

Morra de amor por Paris andando pelo bairro St Germain, não tem como não querer voltar.

 

A lista nunca acaba… Pantheón, Museu D’ Orsay, Ponte Alexandre III, Igreja La Madeleine, Opera de París Garnier, loja Collette, etc…

 

Alê, eu tô sem grana, devo me afundar no Mc Donald’s? Onde eu vou comer?

Paris tem os melhores crépes e sanduíches EVER. Com 12 Euros duas pessoas comem e bebem facilmente (e esse é o valor para comer um crépe aos pés da Torre, hein?).

Tem que tomar cuidado com os restaurantes que não tem horas específicas de funcionamento, esses são os conhecidos pega-turista, onde você não vai comer bem e vai passar nervoso, além de pagar um pouco mais caro. Neste caso prefira recorrer ao Mc Donald’s sem medo. hahaha

Recorra à compras de queijos, pães e frios e um vinho nos supermercados, faça uma refeição para si no quarto do hotel a noite, após um banho quentinho.

Reserve uma grana para comer bem numa refeição e escolha a dedo um restaurante, reserve mesa e delicie-se. (Vamos dar dicas pontuais lá no Nomades.co, então fica de olho.)

Posso passar o ano falando apenas de Paris, sendo que fui apenas duas vezes. E por isso quero dúvidas nos comentários, no facebook e etc, quero ajudar todo mundo que pretende morrer de amor por essa cidade como eu. 🙂

Foto: Alê Ferreira / @AleFerreira

Um beijo apaixonado <3 <3 <3
Alê

 

CI Intercâmbio e Viagem

CI Intercâmbio e Viagem

A CI Intercâmbio e Viagem produz o blog Caia no Mundo e é a maior empresa de intercâmbio e turismo jovem do Brasil. Mais de meio milhão de pessoas já embarcaram com a CI para conhecer o mundo em viagens que unem estudo, trabalho e lazer.

Saiba mais em ci.com.br

Receba Nossa Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro de todas as novidades e promoções da CI.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.