Alegria, minha gente!


Quando viajamos para fora do país, por mais que já tenhamos conhecido outros lugares pelo mundo, não tem jeito: estamos, a princípio, sozinhos. Eu diria que o processo de adaptação leva algumas semanas. Cheguei aqui há três e só agora posso dizer que moro em San Francisco.

Muita gente fica com saudade de casa, da igreja, do centro espírita, do colo dos amigos. Encontrei um cara do Brasil e ele simplesmente começou a chorar quando percebeu que daquele momento em diante deveria contar apenas consigo mesmo. Também passei alguns momentos difíceis aqui e se agora estou bem é porque comecei a meditar sobre uma lição muito valiosa da vida: se o medo aprisiona, a confiança liberta.

Quem encara uma experiência de morar em outro país provavelmente não tem medo de viver. E sabe que é capaz de dançar conforme a música, se adaptar e ter novas experiências. Então, para afastar o medo, é preciso usar o antídoto da confiança. Confiar é acreditar na vida, em Deus, em si mesmo. É estar convicto de que, no final, tudo dá certo.

Achei um texto que gostaria de dividir com todas as pessoas que estão viajando ou que vão viajar por aí. Foi escrito por Osho, um estudioso da filosofia Zen. Me ajudou muito, é um presente que divido com você.

“Este é o momento de ser aquele “ioiô humano”, capaz de se atirar no vazio sem a proteção do cabo elástico amarrado aos pés! Uma grande euforia nos invade quando conseguimos dar o salto para o desconhecido, ainda que essa simples idéia nos apavore. E quando adquirimos confiança ao nível do salto quântico, deixamos de fazer quaisquer planos elaborados, ou preparativos. Não dizemos: “Muito bem, confio que sei o que fazer agora: vou pôr em dia meus negócios, preparar minhas malas e levá-las comigo”. Não; nós simplesmente saltamos, sem pensar muito no que virá depois. O importante é o salto e o arrepio que ele nos provoca à medida que caímos em queda livre pelo vazio do céu.
Com a confiança, algo imenso tem início. Esta vida deixa de ser uma vida comum e torna-se plena, transbordante”.

É isso aí…

O segundo presente é esse vídeo, espero que você goste. Filmei um pouquinho de uma tarde fria e ensolarada de uma das áreas mais chiques da cidade. Esse astral aconteceu comigo depois que acreditei na confiança.

beijos!

https://youtube.com/watch?v=DZBdTdw5N7w%26rel%3D1

Karina Miotto

A Karina vai estudar inglês e aproveitar o melhor de São Francisco, na Califórnia. Contar pra gente todas as aventuras.

Receba Nossa Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro de todas as novidades e promoções da CI.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.