Cape [Wonderful] Town

Cape [Wonderful] Town

Cheguei na Cidade (Maravilhosa) do Cabo, ou Cape Town, porque em inglês é mais bonito, rsrs.

A viagem foi tranquila. A companhia aérea South African é simpática, apesar de ter me assustado num primeiro momento, quando entendi 10% das palavras de saudação do piloto, mas ok, I’m here!

A minha nova casa é uma loucura! It’s “Candy’s house”! A  Candy é uma senhora mega, mega, mega alternativa com uma história de vida que eu ainda estou conhecendo mas que parece muito interessante. No estilo hostel, vivem aqui comigo alemãs, suíças, espanholas, inglesas e uma conterrânea brasileira de Floripa (que também veio pela CI)! (Ainda não deu tempo de tirar fotos da casa, que é muito, muito, muito alternativa, no estilo comunidade hippie, mas muito legal!). O pessoal da empresa que coordena todo o voluntariado, a You2Africa, também parece ser bem legal!

Estamos em Kommetjie (que significa “bacia pequena” ou algo assim), um bairro bem afastado do centro, uns 40 minutos de carro. Lindo, top, wonderful! Essa foi a primeira tarde  aqui na rua de “casa”.

DSC_0005baixa

Os dois primeiros dias aqui em Cape Town foram bem de turistas – um tour pelo centro da cidade e outro pela península, onde fica o Cabo da Boa Esperança e o Cape Point (onde  Oceano Atlântico se encontra com  o Índico), lugares bem históricos, que conversam com a história do descobrimento do Brasil.

Dois dias aqui e a minha cabeça começa pouco a pouco a ficar mais a vontade com o inglês (tô sofrendo um pouco)! Espero evoluir um pouquinho com o passar do tempo. O trabalho com as crianças começa na segunda-feira, em dois lugares: Massiphumelele e Ocean View, aqui na região.  I’m so anxious!

Os tours de ontem e hoje foram incríveis. Conheci a Catedral São George (linda!) as ruas com as casas coloridas, (herança da Holanda na cidade), dei comida para avestruz (depois de fazer um escândalo de medo, típico brasileiro), vi pinguins (cara, pinguins!) e morri de cansaço!

baixaO altar da Catedral de São George (Lembrei da Comunidade Santa Cruz! A mãe, o crucificado e o amigo amado)
DSC_0037baixaFoto da foto das mãos de um sacerdote (ou bispo), que estava em exposição na Igreja.
DSC_0241baixaA tentativa fail de alimentar os “Ostriches”

DSC_0301baixa(Sim, tem pinguim na África! Como eles vieram parar aqui, não sei! São bichos fofos, e eu parecia uma criança vendo eles andarem!)

Natália Paula

Natália Paula

Encontrou no trabalho voluntário a oportunidade para seu investimento fosse além do benefício próprio e gerasse uma troca: troca de cultura, experiências e de afeto

Receba Nossa Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro de todas as novidades e promoções da CI.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.