Chinatown – Night Market


A nossa amiga Ju Nóbrega diria que a China tem uma filial em Vancouver. Ela está certa, mas não é só isso: Coréia, Taiwan, Japão, Vietnã e demais países de “olhinhos puxados” também mandam seus representantes (vocês não imaginam a Torre de Babel que é caminhar no centro da cidade, na hora do almoço!).

A China, em especial, ganhou um bairro em sua homenagem, o Chinatown, um lugar fascinante de se conhecer. Lá podem ser encontradas diversas lojas de presentes, especiarias, alimentos, shoppings e, em alguns espaços, casas, parques e jardins que lembrariam um pedaço de Pequim.

Uma dica de passeio legal (pelo menos para mim, que adoro feira livre, mercado, camelô, muamba e afins) é visitar o Chinatown Night Market nas sextas, sábados e domingos, das 18h30 às 22h. De meia soquete, capa para I-Phone, churrasquinho de batata, bonsai, quebra cabeça de madeira, chaveiros, porcelanas, brinquedos e até apresentação de karaokê, TUDO você pode encontrar no “mercado noturno” (que não é escuro, porque aqui só anoitece a partir das 22 horas).

Nosso último domingo (depois de um bom descanso em casa e uma passada rápida no Shopping Metrotown) terminou ao som de música chinesa (que não dá para entender, mas é engraçadíssima) em Chinatown, um lugar de parada obrigatória em Vancouver.

Giuliana.

Giuliana Batista Rodrigues de Queiroz e Carlos Roberto de Queiroz Junior

Giuliana Batista Rodrigues de Queiroz e Carlos Roberto de Queiroz Junior

O casal de João Pessoa-PB embarcaram juntos para Vancouver em busca de experiências memoráveis e aprimoramento do inglês.

Receba Nossa Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro de todas as novidades e promoções da CI.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.