Coelhinho da Páscoa, o que trazes para o mundo?

Eba! Tá chegando a Páscoa. A galera já fica na maior expectativa para saber quais e quantos ovos de chocolate vai ganhar e aguardando o tradicional almoço regado a bacalhoada e outras delícias. E não pense que é só por aqui que se comemora a Páscoa, em outros países esta data religiosa também é celebrada, mas nem em todos os lugares a celebração é igual à tradição brasileira. É bem comum distribuírem ovos normais, de galinha mesmo, montar ninhos para receber os agrados ou até mesmo visitar os túmulos de parentes falecidos. Achou curioso? Então vamos dar uma voltinha pascoal pelo mundo.

Estados Unidos

Algumas pessoas aqui no Brasil já até adotaram a tradição americana, funciona assim: durante a noite, os pais escondem os ovos (de galinha ou de chocolate) pela casa ou pelo quintal, na manhã de Páscoa as crianças devem ir à “caça ao ovo”, que é o nome da brincadeira. Para facilitar e deixar ainda mais divertido, os pais podem deixar algumas pistas como pegadas de coelho pela casa, recadinhos entre outros. Em algumas cidades, a brincadeira chega a ser comunitária: os ovos são escondidos em praças públicas e as crianças vão à sua procura. Os adultos nem sempre ficam de fora, até a Casa Branca entra na brincadeira! Lá inclusive rola também um jogo de Páscoa que lembra um pouco o hóquei. Na brincadeira, as crianças devem correr e empurrar um ovo cozido com um bastão até a linha de chegada, o primeiro a alcançar a linha com o ovo, é o vencedor.

China

Como a China não é um país cristão, sua cultura e tradições nessa época são bem diferentes dos costumes ocidentais. Aliás, eles não têm exatamente uma Páscoa, mas sim uma comemoração importante que acontece na mesma época, o chamado Ching-Ming. É uma festividade anual onde os chineses visitam os túmulos de seus ancestrais levando doces e presentes. Isso serve para agradar seus antepassados para deixá-los felizes com seus descendentes.

Inglaterra

Foi na Inglaterra que surgiu a tradição de presentear as pessoas queridas com ovos de chocolate. A ideia surgiu durante o reinado de Eduardo I, que costumava presentear outros representantes da nobreza com ovos normais banhados a ouro. Com o passar dos anos, os ovos de galinha foram substituídos por ovos de chocolate e muito bem decorados! Inclusive, os ovos de Páscoa ingleses são conhecidos como um dos mais bonitos e criativos do mundo.

A Inglaterra comemora a Páscoa por quatro dias, enquanto aqui no Brasil temos três dias de feriado. A celebração começa na sexta-feira santa, depois o sábado de Aleluia, o domingo de Páscoa e mais uma segunda-feira de Páscoa. Ah, não pense que o tradicional chá das 5 seja esquecido durante o feriado. Ao contrário, vira praticamente um banquete com vários tipos de chás, biscoitos, bolos e outras delícias.

Índia

Assim como na China, eles não comemoram a Páscoa à maneira que conhecemos. Na Índia, os povos hindus fazem um festival chamado Holi, celebrado anualmente para relembrar e comemorar o surgimento do deus Krishna. É uma época de festas para todos, e é bem comum ver a população dançando, tocando flauta e preparando comidas especiais para receber os parentes e amigos. Para eles é uma grande alegria estar rodeado de pessoas queridas principalmente nesta data. Além das comemorações, é um costume comum que o anfitrião marque a testa de seus convidados com um pó colorido para demonstrar sua felicidade.

Suécia

Os costumes pascoais da Suécia iam deixar sua avó um tanto quanto chocada. Lá é bem comum que as crianças se fantasiem de bruxas e feiticeiros na quinta-feira santa ou na véspera de Páscoa. Lembra um pouco o Halloween, e não só nas fantasias, porque a intenção desta brincadeira é criar cartões enfeitados e entregar aos parentes para conseguir doces ou até mesmo dinheiro. Mas apesar de terem esse costume inusitado, a Suécia também cumpre algumas das tradições que conhecemos, como decorar a casa caprichosamente com flores e ovos. A Páscoa na Suécia coincide com o início da primavera, portanto é bem comum eles plantarem brotos para esperar que floresçam. Tudo a ver com o símbolo da Páscoa, que significa renascimento e renovação. O ovo de chocolate não é muito comum, eles são substituídos por grandes ovos de papelão ou plástico recheados de guloseimas e são chamados “godis”. Hum, parece uma boa ideia, hein?

Austrália

As tradições pascoais da Austrália são bem parecidas com as brasileiras, com a diferença que na terra dos cangurus não há esse alarde todo com a Páscoa como aqui. Os supermercados vendem ovos, mas discretamente. Uma curiosidade: o coelho não é o símbolo da Páscoa na Austrália. Isso porque infelizmente os coelhos e lebres são considerados uma praga por lá, devido a sua alta e desenfreada reprodução que está prejudicando o equilíbrio ambiental do país. Mas não é por isso que eles ficaram sem um mascote. O coelho foi substituído pelo bilby, um marsupial em extinção que tornou-se um queridinho nacional. O bilby até lembra um pouco os coelhos devido às suas longas orelhas e seu jeito tímido. Inclusive, não é difícil encontrar bilbies de chocolates nos estabelecimentos australianos. Olha que bonitinho:

Nham, nham. Pelo jeito não importa onde seja comemorada a Páscoa, ela é sempre uma delícia. Feliz Páscoa para todos vocês!

CI Intercâmbio e Viagem

CI Intercâmbio e Viagem

A CI Intercâmbio e Viagem produz o blog Caia no Mundo e é a maior empresa de intercâmbio e turismo jovem do Brasil. Mais de meio milhão de pessoas já embarcaram com a CI para conhecer o mundo em viagens que unem estudo, trabalho e lazer.

Saiba mais em ci.com.br

Receba Nossa Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro de todas as novidades e promoções da CI.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.