De bike pela Holanda!

Esqueça o Red Light District, os moinhos, Van Gogh, tamancos de madeira ou o onipresente queijo Gouda. A primeira visão da Holanda muitas vezes é marcada por… bicicletas.

Sendo um país totalmente plano, a Holanda oferece um terreno ideal para pedaladas. Não só isso: assim como acontece com os campinhos improvisados de futebol aqui no Brasil, por lá qualquer lugar tem uma pequena oficina de manutenção de bikes. É fácil e seguro usar os bicicletários sempre disponíveis em estações de trem (outro meio de transporte essencial na Holanda) e em qualquer estabelecimento comercial. Não raro você cruza com famílias inteiras em duas rodas e bicicletas cheias de acessórios incríveis para quem a usa para ir ao trabalho ou transportar compras.

A Holanda é um destino ideal para quem quer exercitar o turismo de pedal. Com uma boa mochila nas costas, uma bicicleta decente e algum preparo físico você pode fugir das grandes cidades (Amsterdam e Haia são os destinos principais) e explorar as belas paisagens holandesas de bicicleta.

O interior da Holanda pode ter um cenário meio tedioso às vezes. Além da falta de relevo e dos pântanos naturais, muitas áreas foram devastadas durante a Segunda Guerra Mundial e reconstruídas pelo homem – então trechos de florestas não raro tem a mesma cara em qualquer trecho que você passe. Mas mesmo assim o país guarda locais bonitos, bem cuidados e com céu sempre espetacular. Abaixo, duas dicas:

No gracioso “jardim da Europa” de Keukenhof, por exemplo, é fácil se perder entre tantas cores. A cidade guarda o maior jardim do mundo (que não poderia mesmo ficar em outro país) e uma porção de castelos. Fica perto da pequena cidade de Lisse, 37 km ao sul de Amsterdam. Nada mal para um dia de pedaladas.

Ao norte do país está Friesland, região composta por onze pequenas cidades cercadas campos verdes e lagos – e que tem uma língua própria, ainda mais complexa do que o holandês do resto do país. Divulgada como uma região “bike friendly”, Friesland está recheada de opções confortáveis de hospedagem e guarda pelo menos dois tesouros: Elfstedentocht, a maior pista de speed skating (patinação no gelo de alta velocidade, você que vê as Olimpíadas de Inverno vai reconhecer) do mundo, que acontece quando os lagos que passam pelas onze cidades do circuito estão congelados; e as Wadden Sea Islands, região protegida pela UNESCO como patrimônio da humanidade, com alguns vilarejos do século 17.

Junte isso ao sempre excelente queijo holandês e um povo solícito (que na maioria das vezes fala e compreende bem o inglês) e boa viagem!

CI Intercâmbio e Viagem

CI Intercâmbio e Viagem

A CI Intercâmbio e Viagem produz o blog Caia no Mundo e é a maior empresa de intercâmbio e turismo jovem do Brasil. Mais de meio milhão de pessoas já embarcaram com a CI para conhecer o mundo em viagens que unem estudo, trabalho e lazer.

Saiba mais em ci.com.br

Receba Nossa Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro de todas as novidades e promoções da CI.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.