Dez passeios incríveis para você fazer à pé nos arredores de Cusco

Cusco é um destino muito procurado por pessoas ávidas por aventura e em experimentar a energia diferente que existe em lugares considerados históricos. Machu Picchu, claro, é o passeio que pode ser feito a pé mais procurado. Mas caminhar por outros locais nas redondezas é uma ótima oportunidade de se adaptar à altitude, antes de encarar os quatro dias de caminhada até Vale Sagrado. A gente te apresenta dez caminhadas imperdíveis, incluindo Machu Picchu.
Imagem 1

01 – Sacsayhuaman:

Sacsauhuaman é um complexo arqueológico inca localizado a apenas 1 km de Cusco a partir da igreja de San Cristobal. Um ótimo lugar para dar início as suas caminhadas! O local normalmente é descrito como um forte. Mas, uma vez que na época de sua construção não haviam inimigos em potencial, acredita-se que ele foi construído como um tempo de devoção ao Sol.

Imagem 2

02 – Kenko

Em seu segundo dia de caminhadas já é possível encarar de 4 a 6 km até os sítios arqueológicos de Quenko. Quenko Grande, localizado próximo à estrada que vai de Sacsayhuamán a Pisac; e Quenko Chico, localizado a 350m oeste. Acredita-se que ambos são locais de adoração cujas divindades ou elementos ainda são desconhecidos.

Imagem 3

03 – Puca Pucara

Um pouco mais longe, a 7 km do nordeste de Cusco, se encontra Puca Pucara, um sítio inca cujo nome significa fortaleza vermelha. A explicação vem das cores das paredes da forticação ao entardecer. O local acomodava as delegações incas durante as visitas aos banhos de Tambornachay.
Imagem 4

04 – Tambomachay:

No mesmo dia que visitar Puca Pucara, aproveite para visitar Tambomachay. Na época dos incas, o local contava com uma avançada estrutura hídrica, composta por aquedutos e cachoeiras. Acredita-se que o local era uma espécie de tempo de celebração do elemento água, além de servir como local de retiro e relaxamento.
Imagem 5

05 – Chincheros

Localizada há 30 km de Cusco, Chinchero é uma cidade guardada pela montanha de Chicón. O local guarda as ruínas remanescentes um palácio Inca, uma igreja colonial erguida sobre a fundação em pedra, terraços para cultivo, além de uma animada e colorida feira de artesanato aos domingos.

Imagem 6

06 – Andahuaylillas

Andahuaylillas fica a aproximadamente 35 km do sudeste de Cusco. Lá se encontra a Igreja de São Pedro de Andahuaylillas, construída pelos jesuítas no século XVI, tão adornada que é considerada a Capela Sistina da América. A igreja possui belíssimos murais do artista Luis Riaño, um piano majestoso, além de peças em prata e altares no estilo barroco.
Imagem 7

07 – Pisac

Pisac está localizada a 32 km do nordeste de Cusco. A cidade possui uma lenda bem particular. O cacique Huayllapma tinha uma filha chamada que se casaria com o homem que fosse capaz de construir em apenas uma noite uma ponte sobre o Rio Vilacmayo. Por sua vez, a princesa teria que subir uma montanha sem poder rodeá-la. De outra forma, o casal se transformaria em pedra. Ao final do dia, o princípe conseguiu finalizar a ponte, mas Inquill, a princesa, não conseguiu cumprir sua parte do desafio e os dois se transformaram em estátuas de pedra que habitam a cidade até hoje.

Imagem 8

08 – Ollantaytambo

A 76 km de Cusco, Ollantaytambo é um parque arqueológico que mantém até hoje a estrutura de uma típica cidade de origem inca. Na época, o local tinha importância militar, religiosa e agrícola e algumas de suas ruínas remanescentes são provas disso, como a Casa Real do Sol, um templo de adoração ao sol; a Inca Huatana, local onde os prisioneiros eram executados; e o Centro Pincuylluna, onde se localizam uma série de terraços para cultivo.

Imagem 9
09 – Yucay

Yucay está localizado no meio do Vale Sagrado a 78 km no noroeste da cidade de Cusco. No local, está localizada a Igreja de Santiago Apóstol. Na praça Manco II é possível apreciar o Palacio de la Ñusta, além das ruínas do Palácio Inca de Sairi Túpac. Os aventureiros não podem perder o passeio de um dia até o Lago Negro que sobe a montanha nevada de San Juan, não deixe de se agasalhar!

Imagem 10_Chamada

10 – Vale Sagrado

Há 130 km, o Vale Sagrado, também conhecido pelo nome de Vale de Urumbamba, é onde fica Machu Picchu, a cidade pré-colombiana mais bem conservada do mundo localizada no topo de uma montanha. Para chegar lá, você deve fazer o Caminho Inca, uma caminhada de quatro dias com pernoites em acampamentos. Para isso, você deve pegar o trem até o km 82 da Ferrovia Cusco Águas Calientes, ponto de partida do caminho a pé.

Se você adorou esse post e só aumentou sua vontade de se embrenhar nas trilhas e caminhadas, uma ótima opção da CI é o Mochilão Peru com várias combinações de países para você que quer conhecer ainda melhor a América do Sul!

 

 

 

CI Intercâmbio e Viagem

CI Intercâmbio e Viagem

A CI Intercâmbio e Viagem produz o blog Caia no Mundo e é a maior empresa de intercâmbio e turismo jovem do Brasil. Mais de meio milhão de pessoas já embarcaram com a CI para conhecer o mundo em viagens que unem estudo, trabalho e lazer.

Saiba mais em ci.com.br

Receba Nossa Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro de todas as novidades e promoções da CI.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.