Dicas de embarque para uma primeira viagem perfeita

Quer dizer que está chegando o grande dia: você vai viajar para fora do Brasil!

Não é difícil se perder no meio de tantas coisas a serem feitas: a documentação, como organizar a bagagem, o que pode levar e o que não pode, vacinas, como se orientar no aeroporto…

Mas calma. Neste post você vai encontrar a resposta para as principais dúvidas dos marinheiros de primeira viagem. É mais simples do que você imagina. 🙂

ANTES DE VIAJAR

1

Comprando as passagens

Quando comprar a passagem, decore a data da viagem. Uma dica eficaz é enviar e-mail para você mesmo com essa informação.

Programe-se. Você vai precisar de tempo para reunir os documentos necessários, principalmente nas viagens internacionais. Passaportes e vistos podem levar meses para ficar prontos.

Pesquise se a cidade ou país de destino necessita de algum outro documento, como por exemplo, um atestado de vacinação para determinada doença.

Confirme a hora do embarque 48 horas antes da data prevista, pois pode haver mudanças. Não seja pego desprevenido.

E lembre-se: a CI oferece passagens de estudante, que têm condições especiais. Leia nosso post específico sobre essas passagens clicando aqui.

Dinheiro

Na chegada ou saída do Brasil, o viajante que estiver portando valores em espécie (dinheiro) superiores a R$ 10.000 (dez mil reais), ou o equivalente em outra moeda, deverá apresentar declaração de porte de valores (e-DPV), via internet, no site. A fiscalização aduaneira verificará a exatidão da declaração e exigirá documentos específicos que comprovem a aquisição lícita dos valores.

Avalie se não vale a pena adquirir um cartão CI Travel Money, que oferece muito mais praticidade, vantagens e segurança do que andar apenas com dinheiro vivo e cartão de crédito. Clique aqui para saber como funciona.

Free shop

Compras realizadas a bordo, em free shop, no exterior ou na saída do Brasil são consideradas bens adquiridos no exterior. Não são computadas no limite de isenção tributária de US$ 500 (quinhentos dólares americanos) compras feitas no free shop de chegada ao Brasil.

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS

2

Tanto em viagens domésticas como internacionais, você precisa ter em mão alguns documentos.

Viagens nacionais:

– RG ou outro documento oficial com foto.

Viagens internacionais:

– Passaporte brasileiro válido.

No caso de viagens para a Argentina, Uruguai, Paraguai, Bolívia, Chile, Peru, Equador e Colômbia, também é aceito como documento de viagem o seu RG.

DICA AVANÇADA: tire fotos de todos os documentos (passaporte, RG, CNH, passagem, cartão de embarque, etc) e mantenha as imagens sempre à mão no celular. Pode ser muito útil em caso de perda, furto ou extravio.

NECESSIDADES ESPECIAIS

Grávidas, cadeirantes, deficientes visuais, entre outros, precisam de assistência especial, como ajuda no embarque e desembarque e assentos especiais.

Caso precise desse tipo de atendimento, a companhia aérea deve ser avisada no mínimo 48 horas antes do embarque para que tome as providências necessárias.

AS BAGAGENS

3

A regra brasileira aplica-se aos voos que saem do Brasil. Quando for voltar ao Brasil, aplicam-se as normas do aeroporto onde você estiver.

Dependendo do país de destino, a franquia de bagagem pode ser de dois tipos: peça ou peso. Na franquia por peça, cada passageiro terá direito a transportar duas bagagens, de até 32 kg cada. Para saber as dimensões permitidas para o transporte de sua bagagem, o modo mais seguro é consultar a empresa aérea.

Na franquia por peso, cada passageiro terá direito a transportar bagagens que não excedam, no total:

• 40 kg na primeira classe.

• 30 kg em classe intermediária.

• 20 kg em classe econômica.

• 10 kg para crianças de colo que não estejam ocupando assento.

4

Para sua segurança, as malas devem estar fechadas com cadeado e identificadas com nome e endereço. Também é aconselhável um seguro de bagagens.

É proibido na bagagem de mão:

• Líquidos, pastas, géis com mais de 100 ml de cada produto;

• Objetos cortantes, pontiagudos (pinça, cortador de unha, etc);

• Alimentos e bebidas.

OBS: Até 100 ml de cada item, e devem estar num plástico tipo zip bag (todos em um único plástico).

EMBARQUE

Chegando no aeroporto

É aconselhável chegar no aeroporto pelo menos duas horas antes do horário de embarque, que está indicado no seu bilhete.

Chegando lá, dirija-se até um funcionário da sua companhia aérea ou da sua agência de viagens (eles estarão vestidos e identificados com a marca). Peça para que ele indique qual a fila que você deve pegar para fazer o check-in.

Fazendo o Check-in

O check-in é procedimento obrigatório para embarcar. A companhia aérea faz a identificação do passageiro, despacha as bagagens, verifica os documentos necessários e dá a autorização para o embarque.

Feito isso, aguarde no aeroporto e cheque constantemente o painel de voos disponíveis para saber se houve mudança de portão de embarque ou de horário de saída do seu voo.

Sala de embarque

Dirija-se à sala de embarque no horário indicado no seu cartão de embarque (entregue a você no momento do check-in).

Novamente: verifique constantemente o painel de voos no aeroporto para ver se houve mudança de portão de embarque ou de horário de saída do seu voo.

O embarque

5

Todos os passageiros precisam passar pelo detector de metais, exceto pessoas com marca-passo (com documentação comprovando a condição) ou implante coclear (ouvido biônico).

Você vai precisar tirar todas as peças metálicas que estiver levando, como cinto, moedas, chaves, celular, fivelas (inclusive do sapato), e só então passar pelo detector.

Feito isso, procure o número do seu portão de embarque (indicado no cartão de embarque), encontre um lugar confortável e aguarde a chamada para embarcar, tendo sempre seu documento de identificação e cartão de embarque em mão. Não deixe de consultar o painel de voos até que seja feita a chamada do seu voo.

DESEMBARQUE

Pegar as bagagens

6

Assim que você sair do avião, dirija-se até as esteiras para pegar sua bagagem. Consulte os paineis disponíveis por perto para se certificar de que está na esteira correta, correspondente ao seu número de voo e destino. Quando sua mala aparecer, retire-a da esteira e confira a etiqueta de identificação para evitar mal entendidos.

Saindo do aeroporto

Você pode sair do aeroporto de diversas formas: de táxi, com alguém que vá buscar você, com seu carro (que deixou no estacionamento do aeroporto), de ônibus, de trem, de carro alugado etc.

Caso necessite de transporte pago, consulte antes pela internet os trajetos e valores.

VOO COM CONEXÃO

Saindo do avião

Quando o seu primeiro voo chegar ao aeroporto onde fará a conexão, não se esqueça de pegar sua bagagem de mão e de levá-la com você!

7

As bagagens despachadas são responsabilidade da companhia aérea e você não precisa se preocupar com elas nesse momento.

Porém, se você está em voo internacional, chegou ao país de destino e ainda precisa fazer uma conexão doméstica, você vai precisar pegar suas bagagens na esteira.

No aeroporto de conexão

Confira o horário de embarque e o portão do seu próximo voo com um agente de portão ou nos painéis de voo disponíveis no aeroporto.

Aguarde no aeroporto até a hora do novo embarque!

IMPREVISTOS

Meus documentos foram roubados e preciso viajar, o que fazer?

Em caso de furto, roubo ou extravio de documento, será aceito o Boletim de Ocorrência emitido há menos de 60 dias para voos domésticos.

Quais órgãos públicos de ajuda ao passageiro posso encontrar no aeroporto?

Você pode encontrar no aeroporto postos da Anac, Anvisa, Juizado da Infância e da Juventude, Polícia Civil, Polícia Militar, Políca Federal, Receita Federal e Vigiagro.

O que devo fazer caso o embarque sofra atraso ou seja cancelado?

Caso você compareça para o voo e o embarque atrase ou seja cancelado, você tem direito a um amparo por parte da companhia aérea, como alimentação e acomodação. Essa assistência é oferecida gradualmente, de acordo com o tempo de espera ou cancelamento do voo.

Perdi meu voo, e agora?

Se você perder o voo e precisar remarcar a viagem, as companhias aéreas poderão cobrar uma taxa de não comparecimento e de remarcação. Por isso, redobre a atenção para o dia e horário corretos de embarque!

Em caso de desistência, consulte as taxas cobradas pela empresa aérea.

O que fazer em caso de extravio de bagagem?

Em caso de extravio da sua bagagem, comunique por escrito a companhia aérea e aguarde até 30 dias a bagagem em sua casa. Se isso não acontecer, a empresa deverá indenizá-lo.

Como proceder em caso de furtos dentro do aeroporto?

Em caso de furto da sua bagagem, comunique por escrito a companhia aérea e registre a ocorrência na polícia.

Posso cancelar uma passagem ou mudar a data da viagem?

Você pode adiar uma viagem junto a companhia aérea, que indicará o custos adicionais ou, em caso de cancelamento, a empresa poderá reembolsar uma parte do valor pago. O prazo de validade da passagem é de um ano, a partir da data de sua emissão.

Caso a bagagem seja violada durante o voo, o que fazer?

Você deve comunicar por escrito a companhia aérea caso sua bagagem esteja danificada, de preferência ainda na sala embarque, ou, no máximo, dentro de 7 dias após o ocorrido.

O que fazer quando o aeroporto estiver fechado pelo mau tempo?

Caso as condições meteorológicas ou operacionais do aeroporto não estejam boas, o aeroporto pode ser fechado, e os voos suspensos ou cancelados.

Nesses casos, o passageiro tem direito a assistência material, como acomodação, alimentação, entre outros itens, de acordo com a espera.

O que fazer em caso de doença ou mal estar durante o voo?

Caso você se sinta mal durante o voo, comunique imediatamente a equipe de bordo, que é treinada para prestar os primeiros socorros. Se o problema se agravar, a equipe poderá convocar passageiros médicos para ajudar, ou o comandante poderá fazer um pouso de emergência.

Se você tem alguma doença crônica, consulte um médico antes da viagem para que ele lhe passe todas as instruções em caso de mal estar à bordo.

*  *  *

Pronto! Agora que você já está mais preparado para sua primeira viagem. Ou pelo menos tirou as principais dúvidas. Hora de planejar essa aventura, vamos?

CI Intercâmbio e Viagem

CI Intercâmbio e Viagem

A CI Intercâmbio e Viagem produz o blog Caia no Mundo e é a maior empresa de intercâmbio e turismo jovem do Brasil. Mais de meio milhão de pessoas já embarcaram com a CI para conhecer o mundo em viagens que unem estudo, trabalho e lazer.

Saiba mais em ci.com.br

Receba Nossa Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro de todas as novidades e promoções da CI.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.