Duelo nas alturas: KL ou Cingapura?

Muita gente tem me perguntado: em uma viagem para o Sudeste Asiático, devo ir para Kuala Lumpur ou Cingapura? Contrariando meu instinto “econômico”, preciso ser sincero com o meu coração: Cingapura me encantou mais! É um pedaço do 1º mundo que funciona em meio à beleza e ao caos percebido em países próximos, como o Vietnã e a própria Malásia, da qual Kuala Lumpur é a capital. Cingapura ainda tem a seu favor a Marina Bay, com o hotel-cassino Marina Bay Sands e os Gardens by the Bay, este último, sem dúvida, está entre os cinco lugares mais incríveis que já visitei nos mais de trinta países pelos quais passei.

 

Petronas Twin Towers: impressioantes 452 metros de altura
Petronas Twin Towers: impressionantes 452 metros de altura
Gardens by the Bay em primeiro plano. Ao fundo, o complexo Marina Bay Sands, com seus 207 m de altura (detalhe: tem uma piscina lá, a 200 metros de altura - a mais alta do mundo!).
Gardens by the Bay em primeiro plano. Ao fundo, o complexo Marina Bay Sands, com seus 207 metros de altura (detalhe: tem uma piscina lá a 200 metros de altura – a mais alta do mundo!).

 
Mas, meu amigo, a escolha entre KL (Kuala Lumpur) e Cingapura não é fácil, pois a metrópole malaia também tem seus encantos, que vão desde um mix impressionante de culturas até às Petronas Towers e o parque KLCC, que é sensacional. Sem falar na culinária, que é mais em conta e com sabores locais mais típicos do que na cidade “rival”, mais ocidentalizada. A hospedagem, para aqueles que viajam com pouca grana, também sai por menos em KL (em alguns casos, como hostels, pela metade do preço).

 
No entanto, aqui vai uma “dica” que pode ajudar a quem segue com dúvidas quanto ao destino a seguir: tanto KL quanto Cingapura podem ser visitadas sem atropelos num período de dois a três dias graças ao serviço de transporte público de ambas que funciona muito bem. Ou seja, se você conseguir organizar seu tempo, faça as duas – e depois conta aqui qual a sua opinião.

Salus Loch

Salus Loch

Salus Loch é jornalista, advogado, escritor e fotógrafo amador, mas, acima de tudo, é um apaixonado por contar histórias e conhecer o mundo. Cada canto dele, se possível. Neste blog ele vai narrar, através de reportagens e fotos, um pouco de suas andanças – que cortam, no momento, o Sudeste Asiático. Detalhe: assim como você, ele evita gastos desnecessários em viagens. Os mochileiros irão gostar!

Receba Nossa Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro de todas as novidades e promoções da CI.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.