Estudando mais e ouvindo melhor


A minha 2ª semana em Londres foi um pouco mais tranquila quanto à audição das palavras. Digo mais tranqüila, mas não menos complicada… rs

Com o passar dos dias, o ouvido fica mais acostumado a ouvir outro idioma, o que é um alívio. Porém, ouvir é diferente de entender. E continuo com essa dificuldade NORMAL. Afinal, se entendesse tudo, já estaria fazendo meu ‘Mochilão’.

Outra coisa que pude perceber na 2ª semana foi a minha limitação gramatical. Tenho confundido coisas simples, como por exemplo: quando usar “how many” ou “how much”. O que para muitos pode ser fácil, pra mim, por ter estudado há tanto tempo, se torna um pequeno entrave.

Decidi readequar meu curso da seguinte forma: estudo no nível estabelecido pelo teste que fiz no primeiro dia, das 9h às 12h15. Já das 12h45 até 14h15, estudarei mais gramática básica. Claro que, para essa mudança, tive de procurar a direção da EC English e expor minhas dificuldades. Eles foram muito compreensivos e estamos analisando qual melhor sala para eu fazer o intensivo dentro das minhas necessidades.

Vale ressaltar que muitos alunos diariamente recorrem à direção, normalmente solicitando passar para um nível mais elevado de classe. E são atendidos, desde que passem em um novo teste escrito e oral. Essas mudanças de nível são muito interessantes para também conhecer novas pessoas e diferentes sotaques.

O lado ruim das mudanças é que, se você faz uma amizade mais estreita com alguém, acaba se afastando um pouco da pessoa após mudar de classe. E aqui, é necessário se habituar com esse vai e vem de gente e amigos. A rotatividade é muito grande devido ao tempo de estudo de cada um. Conheci pessoas que vieram pra ficar só duas semanas e outras para morarem aqui. O importante é aproveitar a oportunidade de falar inglês com muitas pessoas de diferentes lugares e, se possível, fazer também amizades.

Festas e passeios

Aproveitando o tema amizade, postei fotos (veja acima a galeria completa) das duas pessoas que conheci primeiro aqui em Londres Elena, italiana, e Hiromi, japonesa. As duas são muito simpáticas e alegres. Também tem foto de uma festinha em um flat aqui do prédio. Oportunidade ímpar pra interagir com alunos de outros níveis. Há ainda fotos da despedida de uma turca, chamada Nuray. Ela regressou domingo pra Ancara. E tem mais: fotos da exposição de arte contemporânea da Turquia, chamada “Confessions of dangerous minds” (Confissões de mentes perigosas), que vi no domingão ao visitar a Saatchi Gallery, no bairro de Chelsea.

Ficarei devendo fotos de Stonehenge porque acabei não indo. Na hora de colocar o despertador pra tocar, me confundi com o horário e acabei acordando 30min depois. Mas ainda terei muito tempo para ir até lá. E quando for, posto aqui.

Grande abraço a todos!

William

William

O William é ex-jogador de futebol com passagem pelo Corinthians e pelo Grêmio, e após encerrar a carreira resolveu ser um #ViajanteCI. Ele foi estudar inglês primeiro em Malta e depois em Londres, e contou tudo para a gente aqui.

Receba Nossa Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro de todas as novidades e promoções da CI.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.