Fazendo a mala ideal para viajar no inverno

fazer_a_mala_mosaico_2

Você não vai precisar mais arrastar malas pesadas na neve durante as férias. Arrumar a bagagem certa para os dias de inverno na cidade ou na montanha no Hemisfério Norte é mais fácil do que você imagina. Com a queda das temperaturas, as opções de lazer aumentam, do Canadá aos Alpes Suíços, então, comece bem a sua viagem, sem preocupação extra.

imagem_1

“É possível viajar levando pouca roupa”, garante o viajante sueco Ola Persson, que tem viagem marcada para Suécia, Islândia e Noruega em fevereiro. “De acordo com a duração da viagem, leve só uma jaqueta pesada, e para não ocupar espaço na mala você pode carregá-la nas mãos. A ideia ainda é vestir a peça quando chegar no destino”, explica.

imagem_2

Experiente no inverno rigoroso desde criança, ele revela um segredo para se proteger do frio em diversas situações, de forma prática e ajustável.

“Com a composição de layers, você tira e coloca camadas conforme necessário e onde estiver. Nos esportes, ajuda muito a proteger das rajadas de vento. Pra quem vai passear na cidade, é diferente, pois qualquer estabelecimento tem um aquecedor para te acolher, né? Nesse caso, uma blusa de lã e uma jaqueta quente formam as camadas de roupa”.

imagem_3
Foto acervo Ola Persson: Ljungskile, Suécia http://j.mp/IumKng

Com adrenalina, sempre aquecido!

imagem_4

Se a viagem tem um esporte radical de inverno no roteiro, a sua mala vai conter peças específicas, que são fáceis de comprar e usar.

“Evite levar roupas de algodão para usar em ocasiões e atividades que farão você transpirar”, pontua Ola, que recomenda tecidos do tipo Gore-tex. ”Material excelente que tem uma membrana feita para reter o calor e ao mesmo tempo extrair o excesso de umidade do suor. Como é impermeável, ao final do dia, poderá apresentar umas gotículas na parte interna, mas é super tranquilo”.

Dica CI: Como a neve é refletora da luz do sol, é muito importante usar óculos escuros e protetores solar na pele. Na prática de esportes, usar óculos para neve, que além de proteger a vista dos raios ultravioletas, também contribuem para a segurança e rendimento da atividade. Para neve mais forte, opte por uma jaqueta modelo “2 em 1”, com lã e tecido impermeável.

imagem_5

Quando o roteiro te levar para um ponto mais afastado da civilização, outra questão importante entra na recomendação do esportista. “Quando estou esquiando, tenho sempre uma barrinha de chocolate comigo. Um doce ou um lanchinho podem evitar a queda dos níveis de energia na hora do esporte, assim, você não vai sentir frio. Agora, se você está na cidade, aproveite sempre um bom café para comer um brownie”.

Lã, gola alta é o kit básico de qualquer viajante de inverno com gorro, luvas e cachecol são os ítens obrigatórios na mala dele.

imagem_6

Anotou tudo? Você vai deslizando pela Europa e Estados Unidos, agora, mas lembre-se que no meio do ano as temperaturas caem abaixo da linha do Equador. Para os melhores roteiros de neve em lugares como Bariloche e Santiago do Chile, planeje tudo com a CI.

Continue lendo sobre as experiências  mais legais e outras dicas de inverno:

Os 10 melhores picos do mundo para esquiar.

O que devo fazer em Bariloche para aprender a esquiar?

CI Intercâmbio e Viagem

CI Intercâmbio e Viagem

A CI Intercâmbio e Viagem produz o blog Caia no Mundo e é a maior empresa de intercâmbio e turismo jovem do Brasil. Mais de meio milhão de pessoas já embarcaram com a CI para conhecer o mundo em viagens que unem estudo, trabalho e lazer.

Saiba mais em ci.com.br

Receba Nossa Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro de todas as novidades e promoções da CI.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.