High School

Nas duas escolas em que eu estudei eu conhecia todo mundo, não tive nenhum problema para fazer amigos e em nenhuma delas tinha mais de 100, no máximo 150 alunos. Agora imaginem a minha cara quando eu entrei no Chichester College, parei na recepção e peguei o mapa do campus de uma escola com quase 3000 alunos. Isso mesmo, TRÊS MIL. São 3000 adolescentes, todos espinhentos e inseguros, debaixo do mesmo teto, convivendo todos os dias. Dentro da escola tem refeitório, academia, massagista, cabeleleiro, subway, cafeteria, barbeiro, piscina aquecida, biblioteca e muito muito mais. São vários lugares para se perder, são vários caminhos para trilhar, são vários professores, vários colegas e várias coisas novas para se aprender, tudo de uma vez só.

Chichester_Campus_Map

No primeiro dia eu estava simplesmente apavorada. Tem todo tipo de gente aqui dentro! Sabe aquelas tribos que vemos nos filmes bobos de adolescente? Elas realmente existem!! Tem os punks, as patricinhas, os nerds, os atletas e vários outros grupinhos, e é claro, também tem os meus queridos alunos internacionais. Aqui, a grande maioria dos alunos internacionais é japonesa, e eles adoram falar em japonês entre si, deixando quem não entende nadinha de fora. No começo foi complicado. Por sorte, quando se conhece eles melhor tudo fica bem. Eu ando até a escola todos os dias, dá mais ou menos 25 minutos da minha casa. Demorei um tempo para entender o colégio, por que ele é imenso e cheio de salas e blocos diferentes. Agora, na segunda semana, tanto o mapa, quanto as pessoas da escola estão mais amigáveis comigo.

Minha aula preferida é, sem dúvida, a de Inglês como língua Estrangeira, que é simplesmente o inglês para os alunos de fora. Nessa aula todos são mais compreensiveis, e é mais fácil fazer amizade, por que todos os alunos estão na mesma situação que você, apenas tentando entender como as coisas funcionam nesse lugar. Depois tem minha aula de artes, que é incrivelmente complexa. Hoje por exemplo, o professor mandou a gente sentar em círculo, pendurou com cordas alguns objetos no meio, como cadeiras, guarda chuvas, botas e etc. e falou pra desenharmos. Até ai ok. Mas a cada 5 minutos ele falava pra mudarmos de lugar, e continuar o desenho vendo os objetos de um ângulo diferente! Foi bem louco, acabou que os desenhos viraram um surrealismo, sem nenhuma perspectiva e bem bagunçados! Também tenho aula de biologia, que é (assim que você se acostuma com o cheiro de sapos e elementos químicos fortes) muito interessante, sempre usamos o microscópio e fazemos experimentos.

Matemática era meu grande medo, por que eu não sou muito boa em exatas, mas aqui a matemática é muito mais simples, e eu estou aprendendo coisas que aprendi no Brasil a 3 anos atrás. E por último tem história. Eu adoro história do mundo, e aprendi a me interessar por história do Brasil, mas aqui parece que a aula é muito focada na história britânica e a professora conta os fatos sempre como se a Inglaterra fosse ótima, e super pacífica (o que não é verdade em termos de história mundial). Ela nos disse ontem, por exemplo, ao estudarmos colonização Americana, que o povo da América do Norte não queria ser independente, e que o Rei era justo e bom para eles… E todos sabemos que isso não é bem verdade. Tudo é muito diferente por aqui. Cada professor ensina de um jeito, e as aulas são criativas e muito interativas.

Chichester-College-entrance

Os alunos internacionais são, como eu já disse, bem mais fáceis de conversar e fazer amizade. Os alunos britânicos não tem muita paciência, eles já tem suas vidas aqui e não gostam de fazer amizade com quem vai embora logo logo, mas alguns deles são muito divertidos e eu já fiz várias amizades. Eles realmente são mais calmos e quietos do que os brasileiros e todo mundo (TODO MUNDO) vive pedindo pra eu sambar, ou falar como dizemos tal palavra em português. É engraçado ver como mesmo no meio de toda a globalização que temos hoje em dia, ainda existem várias diferenças entre os países e é muito bom trocar experiências e compartilhar nossas culturas.

Bom, mesmo a escola sendo um degrau um pouco mais difícil, eu já estou me acostumando com o jeito que as coisas funcionam por aqui. Todos os funcionários e professores estão sempre dispostos a ajudar, guiar ou explicar tudo o que eu preciso e eu me sinto muito segura aqui.
Muito obrigada pelos comentários gente! To muito feliz com todo o carinho de vocês! Se alguém quiser que eu responda alguma coisa, ou quiser conversar: (loloanderaos@gmail.com)
Beijos, e até logo!

Lorena Anderáos

Lorena Anderáos

Lorena vai viajar para a Inglaterra e morar lá por 4 meses, em um universo completamente diferente, cursando High School e curtindo a Europa.

Receba Nossa Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro de todas as novidades e promoções da CI.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.