Jet-lag que nada! Vamos direto pra Cebola!


Mesmo depois de 15 horas entre o Brasil e a Alemanha (entre escalas e conexões), eu estava muito animado com o país. Parar para descansar? Nada disso… a contagem regressiva já tinha sido ativada, então era hora de começar a aproveitar!

“Ai, caramba… agora eu tou sozinho mesmo, largado nesse mundo alemão… O que é aquilo, uma padaria ou drogaria? Ahahaha…”, pensei enquanto esperava pela Lisa, meu contato com o IAESTE Karlsruhe. Ela chegou logo depois que liguei (ver post anterior), e foi super simpática já de início. Apresentações feitas, peguei minha mala e fui seguindo ela pela estação de trem até a entrada principal do grande e arrumado prédio. Ali fora, ela já me indicou a compra de um passe mensal de trem que me possibilitaria usar todas as linhas dentro de um certo raio de distância de Karlsruhe – compreendendo a minha casa e meu trabalho, claro. Também me deu um mapa turístico com tudo o que um novato precisa para se situar na “Cidade-ventilador” (aguardem próximo post! hehehe).

Seguimos da estação central [Hauptbahnhof] para a rua onde estaria o meu apartamento. Cerca de 4 minutos depois, já tinhamos chegado na Werderstraße |vérdar-strásse|, e meu apartamento estava a 2 minutos de caminhada da parada do trem.


Ach so!!! [Ah, sim!!!] Assim como nos EUA, é muito comum também aqui nas cidades universitárias alemãs que uma família alugue quartos de suas casas para os estudantes. Geralmente a estrutura da casa já é montada favorecendo esse tipo de serviço. Salas, mobílias e cozinha: tudo do jeito certo e de fácil acesso para pessoas de todas as nacionalidades.

Quando cheguei no meu prédio, a Lisa me apresentou à Frau [Sra.] Elizabeth Schultheiß, dona dos 6 apartamentos de um prédio de três andares. Após uma longa conversa em alemão (a velha senhora não falava inglês, então toda a conversa foi sendo traduzida pela Lisa, coitada… kkkk), fui levado ao meu apartamento (finalmenteee!). Lá estava o Tobby – um alemão muito gente boa, de uns 25 anos – e o Tommy – um chinês bastante do tímido, lá pelos 20 anos – ambos estudantes da Universität |Univerzitét| Karlsruhe. Me receberam super bem, além de me mostrarem como tudo na casa funcionava (desde o microondas e lavadora de roupa, até o pátio externo de churrasco, que para ser acessado é preciso abrir e pular a janela da cozinha!!! Kkkk). Cada apartamento possui 3 quartos grandes, uma cozinha média e um banheiro pequeno.

Quando me mostraram o meu quarto, posso dizer sinceramente, fiquei decepcionado. “Putz, vou ter que dividir com alguém…”, eu pensei. Um quarto grande, com uns 29 m² e quase 4m de pé direito, mini sala com mesa de centro, televisão a cabo e sofá-cama, abajour com lâmpada de leitura, lixeira e escrivaninha, 3 criados-mudos, 2 guarda-roupas e, perto da janela, uma grande e macia cama de casal. (!) “Maneiro… E quem mais vai dormir aqui?”, peguntei para o Tobby, na maior inocência. “Como assim? Esse quarto é seu!”. (!!!!!!!!!!). Tomei um susto enorme, quase engasgo… A vida é bela, hehehe.

Apresentações feitas, deixei Lisa no meu quarto e fui tomar um banho rápido – afinal, naquela segunda-feira pela tarde eu ainda estava com a mesma roupa de domingo de manhã, devido aos vôos! Me arrumei e fomos ao Supermarkt |zúpar-márquet| [supermercado] aqui do quarteirão, chamado PLUS. Eu estava tão atordoado com tantas palavras estranhas (e várias semi-impronunciáveis a primeira vista) que abusei do modo “tradutor” da Lisa, heheheh… “Que que é isso?”, “Isso é molho de tomate”… “E isso?”, “Isso é leite desnatado”… “Aaaaaaah….”. E assim fomos fazendo minhas primeiras compras, descobrindo um mundo completamente novo. No geral, itens para macarronadas, cafés-da-manhã e água, muita água!!!


Ach so!!! [Ah, sim!!!] Água, água e água. Quem acaba de chegar na Alemanha já percebe logo no primeiro gole: a água daqui é hiper diferente da do Brasil. Beber da torneira, apesar dela ser uma água tratada, é uma situação sofrida: a água tem um gosto “pesado”, “rançoso” e “persistente” – se é que esses são adjetivos possíveis para qualificar a água, né?! Como usar filtro aqui não é nada comum, (?), a única alternativa é comprar água engarrafada. E ai lá vem os mais diferentes e variados tipos: muito gás, médio gás, pouco gás e a mais rara, sem gás [ohne Kohlensäure]!!! Além disso, existe água de todos os sabores que se puder imaginar, em seções específicas nos supermercados.

Após as compras, deixamos as coisas na minha casa e Lisa me perguntou se eu queria descansar. Hein?! Nada! Partimos em seguida para a rotineira reunião do IAESTE Karlsruhe, toda segunda-feira às 20h, perto da biblioteca da Uni-Karlsruhe. Lá estavam praticamente todos os membros da equipe na cidade (uns 14) – os quais foram muito receptivos e amigos, me entrosando muito facilmente. Conheci também o indiano Rajat, 20, e a tailandesa Kwang, 25; ambos participantes do programa IAESTE em Karlsruhe, assim como eu.

Reunião do IAESTE encerrada, lá veio a pergunta mais uma vez: “Rafael, você quer descansar? Afinal você chegou hoje…”, “Hein?! Nada!”. E partimos para um bar chamado Zwiebel |tzi-víbel| [cebola], aonde continuamos o papo com o embalo da minha primeira caneca de cerveja Pilser alemã.

Cerca de uma hora depois, peguei o trem e voltei para casa. Era o meu primeiro dia na Alemanha e eu já tinha vários amigos… “Sabe de uma coisa? Eu não tou tão sozinho assim…”.

*******************************
DICA VALIOSA #2: SACOLAS NOS SUPERMERCADOS
Você fez compras no supermercado, não esqueceu nenhum item, não é mesmo?! Carrinho cheeeeio, pronto pra encher a despensa! Latas e mais latas, dezenas de produtos pequenos… Maas, logo após pagar o caixa do supermercado, vem a surpresa: CADÊ AS SACOLAS? Sim, elas estão lá… mas estão à venda!!! A grande dica aqui é: vá fazer compras de mochila nas costas! Economiza nas sacolas, é ergonomicamente mais fácil de transportar e ainda ajuda a preservar a natureza (kkkkk).
===========================

Galeria de fotos:

Rafael Guimarães

Rafael Guimarães

Rafael é estudante de Engenharia Florestal e vai estagiar em uma das melhores empresas do setor, na Alemanha. Além, claro, aproveitar para se divertir na Europa. Acompanhe aqui

Receba Nossa Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro de todas as novidades e promoções da CI.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.