Liverpool


Salve Leitores!

Antes de mais nada, peço desculpas pelo atraso desta semana. Me enrolei com tarefas de casa da escola que deixei atrasar, e então acabei me esquecendo do blog. Sorry! =/

Pois bem. O último fim de semana foi demais. Stonehenge e Bath foram sensacionais! Incrível! Mas vou falar deles no outro post. Hoje o relato é da minha viagem a Liverpool.

Saímos de Londres com a galera da companhia de turismo às 8h da manhã. Fomos com o fast train da Virgin até Liverpool. Chegamos lá creio que eram 10h30, 11h. Saindo da estação Liverpool Lime Street, demos de cara com vários museus e construções históricas da cidade. O guia foi explicando o que cada um significava, bem rapidinho, e começamos o sightseeing pela cidade (andar pra ver o que a cidade tem).

Um dos primeiros pontos de parada foi a Metropolitan Church of Christ King, Catedral Católica Romana de Liverpool. Demorou 65 anos pra sair do papel para a realidade, e passou por 4 projetos diferentes. O porquê de tudo isso? A competição acirrada entre protestantes e católicos. Do outro lado da rua, a alguns quarteirões de distancia, os protestantes estavam erguendo uma Catedral Gótica enorme, gigantesca, que essa sim, e a Catedral de Liverpool. Por incrível que pareça, as duas começaram a ser idealizadas e construídas por volta de 1905, e foram concluídas entre 1976 e 1975. A Liverpool Cathedral é a maior catedral da Inglaterra, e foi inaugurada pela Rainha Elizabeth II. Seus traços são de tirar o fôlego, o tamanho de seus vitrais, a riqueza dos detalhes, e o sinistro cemitério de séculos atrás em volta da igreja criam um clima de mistério, que deixa a igreja mais majestosa ainda. (Curiosidade: no meio dessa rua onde as duas igrejas foram construídas, um bispo protestante e um bispo católico se encontraram para fazer um acordo de paz, para acabar com a perseguição mutua existente entre eles. Uma estátua foi construída no meio da calçada para homenagear esse encontro, com os dizeres: WE MEET IN HOPE… BETTER TOGHETER [Nos encontramos com esperança…. Melhor juntos])

No meio da peregrinação entre-igrejas, eis que encontramos o The Philarmonic, pub onde os queridos John Lennon e Paul McCartney se conheceram, nos intervalos das aulas no Liverpool Institute and School of Art (famosa universidade de artes de Liverpool, lar de inúmeros talentos da arte e da música, que Liverpool deu de presente ao mundo).

Saindo de lá, fomos para as antigas docas, a beira do rio Mersey. O rio Mersey era rota de entrada de todos os produtos que chegavam das Américas e até das Índias, motivo que fez Liverpool tornar-se lar de barões do comércio e comerciantes em busca de mais dinheiro, o que acabou por criar uma elite, sedenta por cultura, que investiu dinheiro na criação de galeria, financiando artistas, e enriquecendo a cultura da cidade. Uma bola de neve sem precedentes que fez de Liverpool, há alguns anos atrás, ser nomeada a Cidade Européia da Cultura.

Essa nomeação fez o governo Inglês e a prefeitura de Liverpool investirem uma quantia absurda de dinheiro para revitalizar o centro da cidade, limpar, melhorar a infra-estrutura e embelezar a cidade, visando atrair mais turistas (e segundo a desculpa dada: Liverpool presenteou o mundo com arte e cultura… nada mais justo que retribuir preservando a cidade).

Perto das docas, fomos ao THE BEATLES STORY TOUR, um museu criado para contar a historia dos Beatles, desde antes deles se chamarem Beatles, passando por todos os CD’s e turnês, Beatlemania, até a separação da banda, a morte de John, a morte de George, e as carreiras solo de Paul e Ringo. Valeu a viagem toda.

AH! Já ia me esquecendo. A foto capa do post foi tirada dentro do famoso THE CARVERN, o primeiro pub onde os Beatles tocaram (e tocaram lá 300 vezes em um ano), que foi realmente o palco do inicio do sucesso. Não encontrei palavras ainda pra descrever a emoção e a atmosfera de dentro do pub… simplesmente algo incompreensível.

Saindo de lá, andamos um pouco pelo centro da cidade, dotado de um moderno comércio (me senti andando em Oxford Street). As 5h, voltamos para Lime Street, e embarcamos de volta para Londres.

Por hoje e só pessoal!

Em breve… STONENGE & BATH!

Cheers,

André

André Andrade Santos

André Andrade Santos

André foi o primeiro colocado da Olimpíada de Atualidades da FACAMP e ganhou bolsa para estudar inglês durante três meses em Londres, na St. Giles. Do interior de São Paulo (Ourinhos) para o topo da London Eye.

Receba Nossa Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro de todas as novidades e promoções da CI.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.