Lynn Canyon Park


Quem diria que o dia seria nublado?? e eu que achava o clima de São Paulo estranho!!! Mesmo assim acordei decidido a ir pra uma região que ainda não conhecia, a região de North Vancouver.

North Vancouver, ao contrário do que muita gente pensa, é um outro municipio e não uma parte da cidade de Vancouver. É por isso que pra ir de transporte público até lá e/ou outras partes da região metropolitana de Vancouver, como Burnaby (onde fica minha homestay), se tem que usar um bilhete diferente, o Two Zone Faresaver (dentro de Vancouver só é necessário o One Zone Faresaver). É uma região cheia de montanhas, parques, vida selvagem e lugares pra se praticar esportes de aventura, como: Escaladas, trilhas, parapente, asa-delta, etc…

E lá fui eu pegar o skytrain até a última estação, o Terminal Central Waterfront. De lá peguei o seabus até North Vancouver e chegando ao outro lado da margem, no Lonsdale Quay terminal e peguei o bus N.229, que passava em frente a entrada do lugar que eu queria conhecer, o Lynn Canyon Park.

O Lynn Canyon Park é um dos parques mais antigos da região. Aberto desde 1912 e atrai diversos moradores e turístas por causa de suas cachoeiras, piscinas naturais, trilhas, floresta nativa, animais silvestres (até mesmo selvagens…) e uma das coisas que eu queria ver. Uma ponte suspensa de madeira igual a dos filmes! e por falar em filmes, diversas partes de filmes e seriados já foram rodados lá! principalmente as partes de suspense…

E lá fui eu sozinho pelo parque com um mapinha que tinha pego no centro de visitantes, quando me deparo com uma placa que dizia:

“Ursos negros vistos nessa área: Mantenha os olhos nas crianças, não deixe alimentos na trilha, ande fazendo barulho. Seja uma parte da solução!”

Realmente uma coisa muito animadora pra quem resolve andar sozinho pelo parque… por isso eu nunca me distanciava muito dos outros visitantes. Como todo bom turista, andava apreciando a paisagem e tirando foto de quase tudo. Foi só aí que me dei conta que estava sozinho e distante dos outros. Mas era só continuar dentro da trilha seguindo as placas e fazendo barulho pros ursos se afastarem que não tinha problema. E assim continuei, hora arrastando o pé no chão, hora assoviando, porque os ursos só atacam se forem surpreendidos ou acuados. Fazendo barulho você “avisa” que está se aproximando e eles se afastam numa boa.

Mas conforme eu adentrava na floresta do parque, me dava calafrios! Um silêncio meio mórbido, florestas idênticas aos filmes de suspense e/ou terror, bancos com epitáfios nos encontos (como os do Central Park, em NY), Pedras com homenagens as pessoas, que por algum motivo, morreram por lá… tem até uma honegagem, escrita numa pedra grandona, aos passageiros e tripulantes que morreram num acidente aéreo lá ha 60 anos atrás…

De tanto ver aquilo, já tava ficando paranóico! Com uma sensação de estar sendo observado de dentro da floresta… Deve ser por isso que os produtores de Arquivo X, Milennium, Taken, Supernatural, Smallville, Crepúsculo, entre tantos outros filmes e seriados, escolheram aquelas florestas como locação pra algumas filmegens!

Depois disso voltei por uma trilha principal pra perto dos outros! rs… Continuei andando pelo parque e, ainda bem, não topei com nunhum urso! Se você for medroso como eu, é melhor ir num dia ensolarado e/ou com amigos. É muito melhor do que resolver andar sozinho, ou pior ainda, perceber que está caminhando sozinho num real set de filmagens de cenas de suspense!!! rs…
Galeria de fotos:

Evandro Garcia

Evandro Garcia

Evandro é formado em engenharia elétrica e adora conhecer pessoas, lugares e costumes diferentes! Nessa primeira viagem internacional - Toronto, Canadá - fará curso intensivo de inglês para melhorar o nível no idioma. Também visitará cidades e lugares conhecidos e desconhecidos da América do Norte. Acompanhe aqui esse período de grande aprendizagem.

Receba Nossa Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro de todas as novidades e promoções da CI.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.