Melhor experiência da minha vida

Melhor experiência da minha vida

Oi gentee,

Desculpa, eu sei que fazem séculos que eu não escrevo aqui. Portanto tenho várias coisas para contar.

A primeira é sobre o final do meu primeiro trimestre aqui. Como vocês já sabem fiquei muito amiga de duas brasileiras aqui, a Camila e a Marcela. Elas foram minhas grandes companheiras em tudo aqui, por isso queria aproveitar a oportunidade e agradecer a elas por tuuudo. Outra grande amiga minha aqui foi a Francesca, uma italiana. Pois é, não venha para a Austália pensando que você vai ficar amigo só de australiano não.. Aqui você conhece gente do mundo TODO ! Mas então, voltando ao assunto das brasileiras.. Por mais que eu tenha amado conhecer as meninas, que elas tenham se tornado uma das pessoas mais importantes para mim, para aqueles que estão se preparando para um intercâmbio, eu recomendo que fiquem longe de brasileiros o máximo possivel. Não estou falando para não fazerem amigos, mas para tentar ficar com pessoas que não falam português, porque é IMPOSSIVEL não falar português, e além disso, afasta as pessoas que não falam português, já que elas não entendem o que vocês estão conversando.

Foi muito triste o final do meu primeiro trimestre. A maioria dos meus amigos foram embora. Tive que começar praticamente tudo de novo. Mas é para isso que a gente está aqui, certo? Para ter novas experiencias, para tentar coisas novas, se aventurar. Então não fiquei triste não. Tratei de me virar e arranjar novos amigos. Foi meio dificil, já que chegaram milhares de italianos e alemães e eles NUNCA falavam inglês, o que me irritava muito !! hahaha.. Bem feito para mim né? Foi exatamente o que eu fazia com as meninas no começo: não falava inglês. Fiquei muito próxima de uma suiça, a Seri. Ela virou uma amigona minha. E além dela, conheci mais pessoas daqui mesmo. Tudo porque deixei de ficar no meu “balão brasileiro”.

Existe uma coisa que eu reparei aqui ainda.. Existe SIM um certo preconceito contra os intercambistas. Não é algo que faça você deprimido ou nada, mas é algo que me irrita um pouco sim. Coisas pequenas, mas chatas. Por exemplo, aqui se eles querem falar sobre algum aluno que é internacional, em vez de falarem o nome da pessoa ou só UM ALUNO, eles falam um aluno internacional, como se a gente fosse alguma coisa estranha sabe, um certo grupo aí. Talvez isso não incomode ninguém, mas a mim incomoda um pouco. hahaha

Tem uma outra coisinha que eu nunca falei aqui eu acho. É completamente normal você tirar uma nota meio ruim no começo do ano.. Não precisa surtar como eu [só surtei também porque preciso das notas para a faculdade que eu quero aqui].. Porque conforme o tempo vai passando, você vai entendendo melhor como funciona a escola, as provas, os trabalhos, a linguagem, etc. Minhas notas melhoraram bastante nesse segundo semestre.

Minha vida aqui mudou bastante. Uma das coisas que tomaram parte da minha vida foi o mergulho. Simplesmente me apaixonei. Já fiz todos os cursos que eu podia até agora, já que o Master Diver só pode fazer quando você tem 18.. É a melhor coisa do mundo ! AVISO: SE VOCE VIER PARA CAIRNS, OU ALGUM LUGAR QUE TENHA MERGULHO, NAO EXIIITE EM FAZEER ! Eu juro que você não vai se arrepender !

Bom, já que estamos falando de segundo trimestre. Vou contar as coisas muuito legais que aconteceram comigo. Em Outubro foi o meu Formal [tipo Prom de filme americano].Foi beem legal. Tinha que ir com vestido longo e tal, carro chique.. Fui com um vestido pretinho básico e limosine [ieeei]. Acho que fiquei mais animada com a limosine do que com o resto hahaha. Bom, quando cheguei no local, um mulher abriu a porta, e eu saí com o meu date [um amigo meu]. A gente tem que andar num tepete vermelho e tal.. E com muuita gente na porta só olhando o povo chegar. Me senti uma celebridade. hahaha. Amei a experiencia.

No mesmo mês, eu e a Seri fomos convidadas para fazer a página dos alunos intenacionais para o anuário. Ficou beem legal, mas deu muuito trabalho.

No final de Outubro aconteceu uma cerimonia chamada Presentation Night, onde os alunos receme awards pelas coisas que eles consseguiram durante o ano. Existem três tipos de awards: O de Excellence [quando você tem A no ano todo numa matéria], o de Merit [quando você faz as coisas direitinho e tal] e o Special [com é special, só alguns alunos recebem. dentro desse existem várias categorias, como aluno do ano, internacional do ano, melhores notas e tal]. Bastante gente recebeu os awards de excellence e merit. Eu recebi um excellence em Marine Studies e dois Merit em dança e inglês. E recebi um special ! ieei. O de aluna internacional do ano. hahha.. Foi legal, tive que subir no palco, e eles falaram sobre mim e tal. Como tiveram outras pessoas que receberam special awards, temos que formar uma fila no palco, e MEEEU DEUS COMO DEMOROU ISSO ! Eu estava de salto, quase morri de dor no pé! Ficar de pé lá, sem poder se mexer !!! hahahaha

Ultimo mas não menos imoportante: minha hostfamily. Não existe outra palavra além de perfeito. Eles foram como uma família para mim. Me trataram como filha e irmã. Não consigo descrever aqui como eu sou sortuda por ter tido eles como hostfamily. Agredeço a eles por TUDO. Amo eles DEMAIS !

AAH ! Há dois dias atrás eu estava lendo meus emails, coisa normal do dia-a-dia. Aí vi um email da JCU [James Cook University; eu tinha mandado o meu application já fazia um mês, mas eles só respondem essas coisas em dezembro, janeiro]. Quando abri o email descobri que eu FUI ACEITA NA FACULDADE AQUIII ! Estou muuuito feliz !

Enfim, em uma semana minha mãe, minha irmã, meu padrastro e a filha dele chegam em Cairns. Ficaremos aqui três dias, depois vamos para Perth, Melbourne e Sydney em uma viagem de 3 semanas, acho. haha.; Chego em São Paulo dia 15.

Agora que sei que eu vou voltar para cá não estou triste, mas antes estava muito triste porque estou indo embora. Era uma emoção estranha. Estava feliz por voltar pra casa, com meus amigos, minha família..mas triste por deixar minha segunda casa, minha segunda familia. A Austrália se tornou meu segundo país. Foi onde eu deixei de pensar como criança, onde eu tive que começar a realmente enfrentar os meus problemas ou correr atrás do que eu quero.. Um país que eu tenho um carinho enooorme. País lindo, fácil, pessoas legais, onde é possivel conhecer gente do mundo inteiro ! Amo demais isso aqui!

Foi de longe a melhor experiencia da minha vida.

Receba Nossa Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro de todas as novidades e promoções da CI.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.