Visão aérea de Vienna, na Aústria, uma das melhores cidades para se viver no mundo.

Melhores cidades para se viver: confira nosso top 10

Na hora de escolher um lugar para morar, existem vários fatores a serem considerados, como idioma, custo de vida, cultura, segurança, etc. Embora seja difícil encontrar uma combinação perfeita, é possível encontrar lugares incríveis.

Como são escolhidas as melhores cidades para se viver?

Para ajudar você nessa questão, fizemos um top 10 das melhores cidades para se viver. A escolha foi baseada de acordo com um estudo da Economist Intelligence Unit, que publica todo ano o relatório Global Liveability Ranking, classificando cidades a partir das suas avaliações de IDH (Índice de Desenvolvimento Humano), estabilidade, saúde, cultura, meio ambiente, educação e infraestrutura).

No total, foram classificadas 140 cidades principais, calculando a média dos resultados de cinco métricas:

  • estabilidade, incluindo a prevalência de crimes e ameaça de conflito militar;
  • cuidados de saúde, incluindo a disponibilidade e qualidade dos cuidados públicos e privados;
  • cultura e meio ambiente, incluindo clima, nível de corrupção, nível de censura e disponibilidade esportiva;
  • educação, incluindo a disponibilidade e qualidade do ensino privado;
  • infra-estrutura, incluindo a qualidade do transporte públicos, a disponibilidade de moradias de boa qualidade, a qualidade das telecomunicações e a qualidade de água e energia.

Esse estudo mostra que uma educação de qualidade, assistência médica pública, atividades culturais e sistemas de transporte são fatores bem presentes entre as melhores cidades para se viver. Spoiler: algumas dessas cidades podem nem ter passado pela sua cabeça e você pode se surpreender!

Conheça as melhores cidades para se viver e quem sabe, uma delas pode ser o seu próximo destino:

10 – Adelaide, Austrália

Imagem noturna de um shopping de rua em Adelaide, na Austrália, uma das melhores cidades para se viver.
Shopping de rua Rundle Mall em Adelaide, Austrália

Sofisticada, culta, elegante e casual, essa cidade australiana que está entre as melhores cidades para se viver conta com sabores multiculturais, muitas cenas de artes e música ao vivo com um calendário de festivais incrível, além de bares descolados nas ruas da cidade.

Com uma população de 1,3 milhões de habitantes, Adelaide é conhecida como Cidade das Igrejas e pelas suas adegas de classe mundial, praias intocadas e restaurantes deliciosos. 

Um fim de semana típico de Adelaide envolve muito café, já que todos os bairros têm seus locais favoritos da bebida. Não deixe de visitar o Argo on the Parade e o Troppo, dois dos melhores da cidade.

  • Classificação geral (de 100): 96.6
  • Estabilidade: 95.0
  • Saúde: 100.0
  • Cultura e meio ambiente: 94.2
  • Educação: 100,0
  • Infraestrutura: 96.4

9 – Copenhagen, Dinamarca

Visão aérea de duas pessoas em uma torre em uma das melhores cidades para se viver: Copenhagem na Dinamarca.

Sim, Copenhagen está na lista das dez melhores cidades para se viver! Apesar do custo de vida relativamente elevado, a capital da Dinamarca conta com infraestrutura, educação e saúde pública invejáveis. Um dos objetivos da cidade é se tornar mais bike-friendly, com uma meta de aumentar a porcentagem de pessoas que locomovem de bicicleta para 50% até 2025.

É uma cidade perfeita para cartões postais multicoloridos com um dos centros urbanos mais ecológicos, limpos e sustentáveis do mundo, onde andar de bicicleta é um transporte sério, ônibus e metrôs circulam com frequência e sem parar, e o porto está limpo o suficiente para dar um mergulho.

  • Classificação geral (de 100): 96.8
  • Estabilidade: 95.0
  • Saúde: 95.8
  • Cultura e meio ambiente: 95.4
  • Educação: 100,0
  • Infraestrutura: 100.0

8 – Tóquio, Japão

Pessoas andando nas ruas de um bairro badalado de Tóquio, chamado Shibuya.
Luzes e cores no bairro de Shibuya, Tóquio.

Com a preparação para os Jogos Olímpicos de Verão de 2020, a cidade anfitriã, Tóquio, passou por uma rápida transformação, o que contribuiu para ela estar na lista das melhores cidades para se viver. A capital do Japão também é conhecida por ser uma das cidades mais seguras do mundo e é popular entre quem quer experimentar tanto o lado ultra moderno quanto o lado tradicional em uma metrópole movimentada.

Nesta cidade, as possibilidades são infinitas. Mais do que qualquer vista, é a própria cidade que encanta os visitantes. Alguns bairros parecem uma visão do futuro, com estruturas cada vez mais altas e elegantes aparecendo a cada ano; outros evocam o passado com prédios baixos de madeira e lanternas brilhantes irradiando um calor surpreendente; em outros lugares, blocos de concreto sem graça escondem galerias de arte e bares de coquetéis, e todas as pistas sugerem possíveis descobertas.

  • Classificação geral (de 100): 97,2
  • Estabilidade: 100.0
  • Saúde: 100.0
  • Cultura e meio ambiente: 94.4
  • Educação: 100,0
  • Infraestrutura: 92.9

7 – Toronto, Canadá

Visão aérea da cidade de Toronto, no Canadá.

A cidade mais populosa do Canadá também foi nomeada a cidade contemporânea mais multicultural do mundo. Isso se deve ao fato de 51% dos seus habitantes nascerem fora do Canadá, sendo o lar de mais de 230 nacionalidades diferentes. Uma ótima escolha entre as melhores cidades para se viver na lista de quem busca uma experiência incrível!

Arte, comida, praias, vida noturna; em Toronto, você tem tudo. São museus e galerias, da Galeria de Arte de Ontário, redesenhada por Frank Gehry, ao delicioso Museu de Calçados Bata. O mesmo vale para os cinemas; o maravilhoso Elgin & Winter Garden Theatre tem passeios pelos bastidores e shows regulares, e o Shakespeare in High Park promove leituras e atividades culturais todo verão. Também há música ao vivo, leituras de poesia, shows de comédia, lugares LGBTIQ+ friendly e muito mais.

  • Classificação geral (de 100): 97,2
  • Estabilidade: 100.0
  • Saúde: 100.0
  • Cultura e meio ambiente: 97.2
  • Educação: 100,0
  • Infraestrutura: 89,3

6 – Vancouver, Canadá

Visão de uma ponte e um lago com a cidade de Vancouver ao fundo.

Vancouver foi anteriormente classificada como a cidade mais habitável de 2002 a 2010, e novamente em 2015. Apesar de ter caído alguns pontos, a cidade mais populosa da Colúmbia Britânica ainda ostenta uma pontuação muito alta de 97,3 – incluindo pontuações perfeitas em saúde, cultura e meio ambiente, educação e infraestrutura.

Famosa por suas diversas experiências culturais e ao ar livre, é fácil entender por que Vancouver está entre as melhores cidades para se viver. Bairros exploráveis, delícias para beber e jantar e atividades culturais e ao ar livre memoráveis com vistas maravilhosas estão entre as experiências de quem decide ir pra lá.

  • Classificação geral (de 100): 97,3
  • Estabilidade: 95.0
  • Saúde: 100.0
  • Cultura e meio ambiente: 100.0
  • Educação: 100,0
  • Infraestrutura: 92.9

5 – Calgary, Canadá

Visão noturna de um monumento com uma das melhores cidades para viver ao fundo, Calgary no Canadá.

Lar de 1,3 milhões de pessoas, Calgary é muitas vezes reconhecida pela sua alta qualidade de vida graças à sua educação, saúde e estabilidade. 

A cidade é conhecida pela diversão e diversidade, com uma vida noturna agitada e cenas de artes e cultura. Provavelmente essa cidade que está entre as melhores cidades para se viver vai te surpreender com sua beleza, restaurantes legais e uma longa lista de tarefas que valem a pena. 

Calgary também sediou os Jogos Olímpicos de Inverno de 1988, elegeu o primeiro prefeito muçulmano da América do Norte e realiza um dos maiores festivais do Canadá, o Calgary Stampede.

A cidade também conta com bares artesanais de primeira linha, boutiques, restaurantes e entretenimento. E ainda, longos trechos de corrida à beira do rio e até um único local de surfe contribuem para as atividades ao ar livre!

  • Classificação geral (de 100): 97,5
  • Estabilidade: 100.0
  • Saúde: 100.0
  • Cultura e meio ambiente: 90.0
  • Educação: 100,0
  • Infraestrutura: 100.0

4 – Sydney, Austrália

Por do sol ao fundo do Opera House, monumento famoso de Sydney, Austrália.

Chegamos ao top 3! De acordo com o estudo, Sydney subiu de quinto para terceiro lugar este ano devido aos esforços para enfrentar os impactos das mudanças climáticas, melhorando sua cultura e sua pontuação ambiental. 

O porto e as praias são pontos importantes que impressionam como outras poucas cidades. Talvez isso seja uma das principais características que inclui Sydney como uma das melhores cidades para se viver, além de parques nacionais que estão ao seu redor. Quem ama natureza vai adorar viver por aqui.

  • Classificação geral (de 100): 97,4
  • Estabilidade: 95.0
  • Saúde: 100.0
  • Cultura e meio ambiente: 94.4
  • Educação: 100,0
  • Infraestrutura: 100.0

3 – Osaka, Japão

Castelo de Osaka ao fundo de uma floresta.
Osaka Castle, um dos principais pontos turísticos da cidade

Osaka teve uma queda nos índices de criminalidade e uma melhoria geral na qualidade do transporte. A cidade portuária é uma das potências econômicas do Japão e é a segunda maior área metropolitana depois de Tóquio. 

Famosa por sua simpatia e cenário gastronômico em expansão, suas notas altas em estabilidade, saúde e educação a incluem na lista das melhores cidades para se viver. Essa cidade animada é a terceira maior do Japão, com um rio encantador que corta o centro. 

A melhor maneira de curtir é saborear a culinária local e uma bebida em um izakaya (que são tipos de “botecos” japoneses), próximos a locais divertidos e movimentados.

  • Classificação geral (de 100): 97.7
  • Estabilidade: 100.0
  • Saúde: 100.0
  • Cultura e meio ambiente: 93.5
  • Educação: 100,0
  • Infraestrutura: 96.4

2 – Melbourne, Austrália

Monumento na cidade de Melbourne, uma das melhores cidades para se viver.

Por sete anos seguidos, Melbourne já esteve no primeiro lugar dessa lista. Não que muita coisa tenha mudado – com uma pontuação de 98,4, a cidade apresenta notas 100 em saúde, educação e infraestrutura. 

Graças ao cenário artístico, Melbourne é conhecida como a capital cultural da Austrália. Com áreas dinâmicas, cosmopolitas, repletas de esportes e arte, Melbourne exala estilo e mantém seus melhores pontos escondidos, convidando pessoas a descobrirem sua comida e cultura.

Há quem diga que exista um ar nova iorquino na cidade australiana por causa dos seus arranha-céus art déco. Se você gosta de arte de rua, restaurantes e bares de classe mundial, provavelmente vai amar estar numa das melhores cidades para se viver.

  • Classificação geral (de 100): 98.4
  • Estabilidade: 95.0
  • Saúde: 100.0
  • Cultura e meio ambiente: 98.6
  • Educação: 100,0
  • Infraestrutura: 100.0

1 – Viena, Áustria entre as melhores cidades para se viver

Visão aérea de Vien, na Aústria.

Finalmente, nosso top 1: pelo segundo ano consecutivo, Viena, na Áustria, foi classificada como a cidade mais habitável do mundo. A capital austríaca teve pontuações quase perfeitas em estabilidade, cultura e meio ambiente, educação e infraestrutura, incluindo uma rede de transporte público bem planejada e desenvolvida, um sistema de saúde que provou ser acessível para muitas pessoas, além de segurança nas ruas. Bela arquitetura, uma rica história de arte e música e, claro, uma cultura descontraída e clássica fazem parte da sua experiência em Viena.

Com uma herança musical que inclui os compositores Wolfgang Amadeus Mozart, Joseph Haydn, Ludwig van Beethoven, Franz Schubert, Johann Strauss, Johannes Brahms e Gustav Mahler, entre muitos outros, Viena é conhecida como a Cidade da Música. Seu esconderijo de locais incríveis onde você pode assistir a apresentações hoje inclui o renomado Musikverein, usado pela Orquestra Filarmônica de Viena, a principal ópera de ouro e cristal.

Classificação geral (de 100): 99.1

  • Estabilidade: 100.0
  • Saúde: 100.0
  • Cultura e meio ambiente: 96.3
  • Educação: 100,0
  • Infraestrutura: 100.0

Quem sabe uma dessas cidades top 10 para se viver possa ser o seu próximo destino? 

Veja mais dicas sobre os destinos mais buscados por brasileiros que desejam morar em outro país aqui no blog da CI.

 

 

Receba um orçamento para o seu intercâmbio ou viagem!

CI Intercâmbio e Viagem

CI Intercâmbio e Viagem

A CI Intercâmbio e Viagem produz o blog Caia no Mundo e é a maior empresa de intercâmbio e educação internacional do Brasil. Mais de 700 mil pessoas já embarcaram com a CI para conhecer o mundo em viagens que unem estudo, trabalho e lazer.

Acesse o site da CI e saiba mais: ci.com.br

Receba Nossa Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro de todas as novidades e promoções da CI.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.