Não procure fazer mais coisas em menos tempo, faça coisas que vão além do tempo…


…Meu primo Erick sempre diz isso, e com a mais absuluta certeza, é uma das coisas mais sabias que já ouvi de alguém.

As vezes estamos tão atarefados com as obrigações do dia-a-dia, que nos esquecemos das coisas a nossa volta. As vezes negligenciamos, familia, amigos, saúde e nós mesmos, para cumprir nossas tarefas a tempo. Mas o tempo passa… (e passa rápido!) e as vezes quando nos damos conta, o tempo está passando mais rápido do que estavamos percebendo, e sentimos que se não fizermos algo enquanto podemos, vamos acabar enfrentando nossa própria conciência na mais cruel das perguntas: “E se…?”

E se eu tivesse feito isso enaquanto era jovem?
E se eu tivesse ido pra tal lugar enquanto eu era solteiro?
E se eu tivesse dado valor ao que realmente importa enquanto eu podia?

Geralmente esse tipo de pergunta, sempre acaba com uma certeza. A certeza de algo seria feito de forma diferente…

E eu já estava começando a fazer esse tipo de pergunta a mim mesmo… E antes que fosse tarde demais, resolvi mudar a minha forma de encarar as coisas…

E foi assim que por quase 2 anos planejei e economizei pra concretizar essa viagem… Hoje, quando minha conciência dá uma de louca me perguntando: “E se você pudesse voltar atrás?” Eu tenho o orgulho de responder: “EU FARIA TUDO IGUAL DENOVO!!!”

Desbravar um continente com uma tênis no pé, MP3 player no ouvido, mapa na mão, mochila nas costas e o olhar no horizonte! Conhecer lugares que só via pela tv ou livros. Vivenciar outras culturas, interagir com elas. Fazer amigos dos 4 cantos do mundo com pontos de vista, costumes, tradições, idiomas e várias coisas diferentes… foi um sonho de infância realizado…

Do Atlântico Norte, desde as verdes planícies de Quebéc no Canadá, e a sempre agitada Nova York nos EUA, até o Pacífico Norte, vendo o oceano das fantásticas montanhas da região de Vancouver no Canadá, ou na musicalidade da cidade de Seattle nos EUA. Tudo isso passando por Toronto e Chicago na região dos Grandes Lagos, e Banff e Jasper, no coração das Montanhas Rochosas…

Foram 3000 fotos, 82 vídeos, 47 dias, 33 novos amigos (de 17 nacionalidades diferentes), 21 cidades visitadas, 8 províncias/estados, 2 países, 2 oceanos, e uma aventura que vou contar pros meus filhos e netos, e encorajá-los a desbravar esse mundo que está aí para ser conhecido.

47 dias em terras distantes… e com esse post, eu cumpro uma promessa que fiz a mim mesmo: “47 dias em 47 posts”.

Na fase de planejamento pra essa viagem, buscava informação em blogs de outros viajantes. Isso me ajudou muito a traçar o roteiro e deixar tudo preparado para a viagem. E eu posso dizer que aquelas leituras foram essênciais no meu planejamento.

E nada mais justo do que compartilhar com vocês tudo o que eu fiz, vi e aprendi nesse intercâmbio. Eu sei que muitos de vocês (como eu!!) buscam informações nos relatos de quem está ou esteve fora pra formular as viagens, por isso eu fui CHATO em detalhar ao máximo cada post. Fiz questão de, quando necessário, colocar mais de um post por dia, de rechear de fotos e vídeos, e as vezes mais de um vídeo por post! pedindo pro pessoal do Marketing da CI ter mais trabalho, fazendo links pra outros vídeos. rs…!

Hoje só tenho a agradecer. À Deus, minha familia e meus amigos por apoiar e torcer pelo sucesso da viagem. Às meninas da loja CI Santana que me deram todo o apoio “operacional” pra viagem acontecer, e ao pessoal do Marketing, que além de disponibilizar a estrutura pra fazer o blog, ainda aturaram meus e-mails pedindo pra mexer numa coisinha “aqui e ali” rs….
E um agradecimento especial (isso sim me surpreendeu!!) à VOCÊ!!! as pessoas que acompanham esse blog desde o início, e que por isso, me acham e me adicionam no Orkut e/ou Facebook pra conversarmos sobre as viagens e seus acontecimentos…

Por falar em acontecimentos, tenho que citar a coisa mais incrível que poderia ter ouvido nessa experiência. E se repitiu por 3 vezes… uma em Toronto, outra em Chicago e a última em Vancouver. Todas em situações diferentes, mas todas com a mesma pergunta:

Pessoa – Você é brasileiro?
Eu – Sou sim. Como você sabe???
Pessoa – É porque você sorri enquanto fala…

Sinceramente… eu espero que, pelo menos uma vez, vocês tenham o prazer de ouvir isso estando longe de casa… é uma sensação única!!!

Tá certo que olhando pra mim não é tão dificil de “chutar” minha origem, mas a resposta deles me convenceu! Por esses e outros acontecimentos que levo, cada vez mais, em consideração o texto que me inspirava pra essa e ou outras viagens:

(…) “Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, imagens, livros ou TV.
Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu.
Para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor.
Conhecer o frio para desfrutar o calor. E o oposto.
Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o próprio teto.
Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa
arrogância que nos faz ver o mundo como imaginamos e não simplesmente como é ou pode ser.
Que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos e simplesmente ir ver.
O mundo na TV é lindo, mas serve para pouca coisa. É preciso questionar o que se aprendeu. É preciso ir tocá-lo.” (…)
– Amyr Klink, Mar sem Fim. –

E com esse humilde post, me dispeço de vocês e encerro esse blog e minha participação no projeto Diário de Bordo.
Qualquer coisa, “e-mail-me”: evandrotai2s06@yahoo.com.br

Vá em frente, se esforce, corra atrás dos seus objetivos, lute com todas as forças pelo que você quer… Porque, acredite… VALE A PENA!!!
É como disse Henry Ford: “Se você acha que pode, ou se acha que não pode, de qualquer forma, você está certo”.

Acredite em você… Você pode muito mais do imagina! Há um mundo inteiro esperando para ser “descoberto”.

Forte Abraço!

Evandro
https://youtube.com/watch?v=2NSM403UBs0%26hl%3Dpt_BR%26fs%3D1%26
Galeria de fotos:

Evandro Garcia

Evandro Garcia

Evandro é formado em engenharia elétrica e adora conhecer pessoas, lugares e costumes diferentes! Nessa primeira viagem internacional - Toronto, Canadá - fará curso intensivo de inglês para melhorar o nível no idioma. Também visitará cidades e lugares conhecidos e desconhecidos da América do Norte. Acompanhe aqui esse período de grande aprendizagem.

Receba Nossa Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro de todas as novidades e promoções da CI.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.