Por que escolhi a Nova Zelândia para estudar inglês por 6 meses?

Salve pessoal!

Bom, essa é uma questão que envolveu diversos fatores. Fiz uma tabela com os itens que particularmente mais me chamaram atenção na seleção.

Notem que estive em 6 desses 9 países, portanto a minha análise em relação aos países nos quais não estive se baseia em impressões pessoais e conhecimento através de relatos de pessoas que conheço e da mídia.

Esse ranking pode mudar com o tempo, mas hoje esta é avaliação muito pessoal que faço destes países como destino para meu intercâmbio.

Você pode tomar a ideia e fazer seu próprio ranking.

Ranking pessoal dos países para intercâmbio
Ranking pessoal dos países para intercâmbio

Notem que mesmo a Austrália estando em primeiro lugar, escolhi a Nova Zelândia, pois alguns itens tem mais peso do que outros para mim. Ou seja, a decisão final pode se basear em algumas estratégias. No meu caso, no momento que me abri para a ideia de um intercâmbio no exterior, tudo me levava a escolher a Nova Zelândia por conta de 5 pontos:

1. Eu precisava embarcar logo – Na época que vim pra cá eu pude embarcar apenas com meu passaporte e entrei no país como turista (podendo ficar até 90 dias) já que a carta de matrícula que eu tinha da escola era de apenas 2 meses, estando aqui eu estendi o meu curso por mais 4 meses e apliquei para o visto de estudante com permissão de trabalho (20 horas semanais).

2. Queria diminuir ao máximo a possibilidade de ter um visto negado – Como pude embarcar só com o meu passaporte e também tinha todos os documentos comprovando o meu intuito educacional, acabei não tendo problemas na chegada quando tive que passar pela imigração no aeroporto.

3. A questão do custo – O governo neozelandês estava dando uma bolsa de 1500 dólares para cursos acima de 20 semanas em Christchurch. Isso diminuiu consideravelmente o custo do meu intercâmbio.

4. A possibilidade de trabalho com certa facilidade – das cidades da Nova Zelândia, somente aqui em Christchurch não estava sendo necessário ter o certificado IELTS para poder pedir a permissão de trabalho, bastava apenas estar matriculado num curso de inglês acima de 14 semanas.

5. Eu adoro fazer trilhas nas montanhas – então nada melhor do que estar na “Terra Média” do Senhor dos Anéis e poder desfrutar de cenários impressionantes.

Sendo assim, os outros países acabaram ficando em desvantagem e eu vim parar aqui na Nova Zelândia.

Mas e no seu caso, como ficaria este ranking?

Grande abraço e até o próximo post!

Eber Guny

Mochileiro nato e aventureiro, o Viajante CI fará uma uma parada estratégica pra estudar inglês intensivo por 6 meses na Nova Zelândia. Esse intercâmbio com mochilão vai render muitas histórias hilárias, informações importantes e ótimas surpresas.

Receba Nossa Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro de todas as novidades e promoções da CI.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.