Praga, a cidade mais legal da viagem até agora

Nunca pensei em conhecer a República Tcheca. O país é pequeno e um tanto quanto esquecido na hora de montar roteiros de viagem. Mas, se você estiver planejando conhecer a Europa e tiver interesse em visitar Praga, acredite: você vai se apaixonar pela cidade tanto quanto eu. 🙂

Praga foi uma surpresa da nossa viagem. Não esperava tanto, e amei a cidade. Andar pelas ruas de Praga é como voltar no tempo. Você se sente o tempo todo na idade média, pelas suas construções maravilhosas.

Já me encantei pela cidade no primeiro dia quando chegamos e estava fazendo muito sol. Fez sol durante os 3 dias que passamos lá. Tem como não amar?
Depois de usar casaco, cachecol e luvas em Amsterdã e Berlim tive até que comprar umas roupas de calor em Praga porque não tinha na mala!

Como andar por Praga

A cidade é pequena (bem pequena). Tanto que, no primeiro dia andando por lá, acabamos literalmente saindo da área que o nosso mapa cobria, hahaha. Dá para fazer tudo por lá a pé, numa boa. Mas pra economizar perna usamos o metrô algumas vezes. São só 3 linhas, que cobrem bem as áreas da cidade. O metrô, assim como o de Berlim, não tem catraca. Você compra o bilhete e valida antes de descer as escadas rolantes.


A moeda da República Tcheca

A cidade é mais barata do que outras cidades da Europa, no geral, o que é mais um ponto positivo!
A moeda por lá é a Coroa Tcheca. Poucos lugares aceitam Euro, por isso, vale a pena trocar ou fazer um saque na moeda local quando chegar por lá. Vale a pena avisar que, por algum motivo estranho, a maioria dos lugares que fomos (desde mercados grandes até restaurantes e banquinhas) não aceitavam cartões, apenas cash.

Ainda bem que fiz um saque quando cheguei … mas falando em saque, deixa eu contar pra vocês minha burrada de viagem. A moeda deles é bem diferente do Real ou do Euro. Funciona mais ou menos assim: 100 coroas tchecas = 10 reais. Sempre dividindo por 10 você tem o valor em reais, para ter uma noção dos preços.

Só que também tem valores que são -100, que equivale a 1 real. Só sei que nessas me confundi completamente e saquei um valor muito maior do que queria. Acabou que fiquei com mais moedas do que o necessário.

Que pena, tive que fazer compras por lá pra gastar o dinheiro. heuhuehe 😡

Vida noturna em Praga

Não sei se foi só impressão minha, mas achei a vida noturna de Praga bem mais agitada do que nas outras cidades. Ainda com algumas coisas estranhas da Europa, como por exemplo, chegar em um restaurante as 8 da noite e ouvir que eles já fecharam a cozinha. Ein?

Mas no geral, tem muita coisa pra se fazer a noite por lá. Fomos conhecer a famosa balada Karlovy Lazne, a maior balada (em tamanho) da Europa. São 5 andares e cada um toca um tipo de música.

Outro lugar legal para conhecer é o bar U Sudu. Na entrada, você não dá nada pelo bar, mas quando entra começa a ver que é enorme lá dentro, cheio de salinhas e lugares diferentes, tem até uma pista de dança, haha. Quase um labirinto! 🙂

Tem muito mais o que falar sobre Praga, nos próximos posts … 😉

Ana Paula

Paula é de São Paulo, designer, libriana e blogueira do Não Provoque. Com uma mochila nas costas e 20 dias para aproveitar Amsterdã, Berlim, Frankfurt, Praga, Zurique, Paris e Londres. Ela vai contar tudo pra gente sobre a trip pra Europa durante a estação mais florida. Tudo fica mais bonito na primavera, não é?

Receba Nossa Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro de todas as novidades e promoções da CI.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.