Praga: Monte Petřín, torre de observação e planetário

Em Praga, me senti em casa. Não sei dizer ao certo porque, já que não tinha sequer uma palavra do idioma deles que eu conseguisse entender e a cidade com ar medieval em nada lembra a São Paulo que eu tanto amo.

Mesmo assim, me senti tão bem por lá … não sei explicar. 🙂

Um dos lugares que mais gostei em Praga foi o Monte Petřín. Lá em cima a vista da cidade é maravilhosa e tem um parque lindo.

O monte fica bem próximo do Castelo de Praga. Você pode subir a pé, mas se você já subiu as escadas do castelo com certeza não vai ter coragem (nem pernas) pra isso, hehe.

Mas você pode pegar um bondinho para subir. Para usar o bondinho é preciso um bilhete igual ao do metrô de Praga.
Ele faz 2 paradas, uma no meio do caminho e uma no topo. Pegamos um pouco de fila, mas nada demais, cerca de 15 minutos de espera.

Já comentei aqui que fez sol durante todo o tempo que passei por lá, né? Impossível não amar Praga. <3

O parque estava cheio de flores e especialmente cheio de dente-de-leão por todo lado.

E já que não consegui tirar uma foto assoprando, vai essa mesmo, hehe.

Lá em cima tem também um planetário com visitas abertas ao público para o observatório, tanto de dia quanto de noite.

E lá no topo do monte tem uma mini torre Eiffel, que funciona como uma torre de observação da cidade.

Confesso, não tive coragem de subir. Apesar de não ser uma torre muito grande, a subida é por escadas, não tem elevador. Mas a vista deve ser linda …

Como o parque tem muitas árvores é difícil conseguir ver a cidade lá de cima, mas durante a descida compensa ir a pé pelo menos até a estação que fica no meio do monte, assim você consegue ver a cidade sem muitas árvores interferindo.

Não disse que a vista era linda?

Ao lado dessa estação que fica no meio do caminho tem um restaurante ao ar livre com vista para a cidade. E o melhor: com preços super honestos! 🙂

Vale a pena aproveitar para experimentar as cervejas típicas de lá e ver o por do sol lááá de cima. 🙂

Ana Paula

Paula é de São Paulo, designer, libriana e blogueira do Não Provoque. Com uma mochila nas costas e 20 dias para aproveitar Amsterdã, Berlim, Frankfurt, Praga, Zurique, Paris e Londres. Ela vai contar tudo pra gente sobre a trip pra Europa durante a estação mais florida. Tudo fica mais bonito na primavera, não é?

Receba Nossa Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro de todas as novidades e promoções da CI.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.