Quero voltar para Barcelona! por Jana Rosa

Quando eu topei ser a viajante CI por duas semanas em Barcelona, bateu um pouco de medo. Eu já conhecia a cidade e amava muito, mas tinha ido com minha irmã, num esquema super de turistinhas bonitinhas que acordam às 7 da manha pra ir pra fila do museu. Viajar com alguém eh muito fácil e cômodo, você fica o tempo todo com a pessoa, se organiza com ela, é como se tivesse perto de casa praticamente, eu acho.

O medo que me deu é porque pela primeira vez eu ia viajar pra longe sozinha, sem irmã, sem uma amiga, sem minha mãe pra me buscar caso desse errado (pois é, sou mimada e canceriana) e sem conhecer ninguém na cidade. Mas ao mesmo tempo, me bateu uma ansiedade muito grande e vontade de vencer o desafio de me aguentar longe de todos e sem nenhuma facilidade, ter que conhecer gente nova, ter que me comunicar, pedir informação, arrumar novos amigos etc.

Minha sorte é que eu adoro fazer coisas que eu nunca fiz , então fazer duas semanas de curso de espanhol sozinha caiu como uma luva. Arrumei as malas e nem deu tempo de pensar muito se ia ser difícil ou se ia sentir saudades, minhas amigas que já tinham feito cursos rápidos me diziam: relaxa, você vai conhecer um monte de gente e não vai querer voltar pra casa depois.

E foi assim mesmo. Cheguei no domingo e na segunda de manhã estava na escola Don Quijote, numa sala com dezenas de pessoas do mundo todo que foram divididas em níveis de espanhol pra começarem a estudar e a hablar!

Como eu era a pior pessoa do mundo falando espanhol (aliás, esse foi um dos motivos pra querer ir à Barcelona pra fazer o curso,  me dava vergonha de falar inglês com as pessoas na espanha), fui logo avisando ao coordenador que apesar de entender tudo, deveria ficar no nível básico porque eu era uma porta hablando.

Dei muita sorte em tudo, primeiro porque os professores eram demais, super engraçados (as aulas eram das 9h às 13h de segunda à sexta. Eu fiz por duas semanas, mas minha sala era toda de pessoas que iam ficar por ali três meses) e a escola ficava do lado de um café fofo que nos íamos na hora do intervalo, o Cafe Chloe, muito, muito fofo.

A segunda, e talvez maior sorte, foram minhas amigas de sala. Foi surreal como nos nos demos bem. No primeiro dia saímos todas pra almoçar e tínhamos muito em comum. A partir do segundo dia, fomos virando cada vez mais uma gangue, fazíamos tudo juntas, saíamos todas as noites pra algum lugar diferente, íamos no museu, restaurantes, tudo juntas. Acabei o curso e desisti de ir pra Madri pra ficar uma terceira semana com elas. Ficamos amigas de verdade e já estamos combinando de viajar juntas mais pra frente. Todas virão me visitar no Brasil e eu vou visitá-las em seus países quando tiver férias de novo, provavelmente ano que vem vamos passar duas semanas viajando em turma.

Fora as aulas, vivi uma vida de moradora de Barcelona, então lia o jornal todo dia de manhã, ia a pé pra escola, andava pela cidade toda, conversava em espanhol com todo mundo, assistia o BBB de lá, o Gran Hermano que é mto diferente do BBB daqui. Ia ao cinema ver filmes dublados em espanhol. Tudo! Muito delícia.

No final da segunda semana de aula eu já estava falando quase tudo em espanhol, juro, muito na cara de pau, meus professores ficavam passados. Terminei a terceira semana em Barcelona e peguei uma semana em Londres que depois me arrependi, devia ter ficado as quatro semanas em Barcelona, de tão delícia que estava. Acredito na sorte e eu tive ela total, nos amigos que fiz na escola e na residência em que fiquei, nos dias de sol e calor, na praia lotada de gente bonita, foram realmente férias inesquecíveis.

Se eu não tivesse que trabalhar, teria aumentado o curso e ficado mais, queria muito poder ficar por três meses como os outros. Agora vou continuar estudando espanhol aqui em São Paulo pra não perder o ritmo, mas não é a mesma coisa. Viver em uma cidade diferente, com uma língua diferente, conhecer novas pessoas e esquecer um pouco dos seus problemas de todos os dias é uma experiência única e todo mundo deveria passar por isso. Assim que puder eu volto!
—-

Ficou com vontade? Leia mais sobre o programa e a escola e seja um Viajante CI você também!

CI Intercâmbio e Viagem

CI Intercâmbio e Viagem

A CI Intercâmbio e Viagem produz o blog Caia no Mundo e é a maior empresa de intercâmbio e turismo jovem do Brasil. Mais de meio milhão de pessoas já embarcaram com a CI para conhecer o mundo em viagens que unem estudo, trabalho e lazer.

Saiba mais em ci.com.br

Receba Nossa Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro de todas as novidades e promoções da CI.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.