Sistema de transporte


Assim que decidi fazer meu curso em Londres, uma das primeiras coisas que fiz foi descobrir como era o sistema de transporte da cidade. Afinal, sabendo que Londres é gigantesca, tinha que saber como iria me deslocar pelos bairros…. Fiquei sabendo que o meio mais utilizado pelos londrinos é o metrô ou The Tube – como eles preferem chamá-lo. Assim, fui procurar na internet o mapa do metrô. E, gente, noooooooosssssssaaaa!!! O que é que é isso?!!! Lembro que fiquei super assustada quando vi as inúmeras linhas dele…..kkkkkkkkkkkkk….

Quando você olha o mapa, realmente parece que ele é indecifrável, interminável….. Para vocês terem uma noção, assim que cheguei aqui só queria saber de pegar ônibus, ficava inventando a desculpa de que já sabia o número do ônibus que eu tinha que pegar pra ir à escola e tal…. Acontece que, se você quiser andar de ônibus, você tem que primeiro saber qual ônibus pegar e depois…… depois é outra história…. Tem o trânsito de Londres, as inúmeras e intermináveis paradas, a espera no ponto de ônibus e ainda, como um tipo de bônus super especial, a “simpatia” dos motoristas…..

Passados alguns dias, acabei vendo que o metrô não é um bicho de sete cabeças, aliás, ele pode ser um “bom companheiro” durante sua estadia aqui…..kkkkkkkk… Com o tempo, você vai aprendendo a andar nele e vê que não é difícil, e acaba vendo com seus amigos quem consegue arranjar uma rota menos trabalhosa, mais rápida ou menos lotada……

Para andar neles, se você for ficar aqui uma semana ou mais, basta comprar um oyster card semanal ou mensal, que ele vai lhe dar o direito de pegar tanto o metrô (junto com o trem ou DLR) e o ônibus. Por mês, acaba sendo melhor por que você fica com um passe ilimitado.

Queria também dedicar um parágrafo especial …hauhauahau…. para todos os funcionários do metrô….. Se você acabar se perdendo nele, não se preocupe, é só perguntar a algum deles… Não sinta vergonha em perguntar, todos têm prazer em lhe dizer a melhor rota pra achegar ao seu destino. Teve um, inclusive, que esperou junto comigo o trem chegar durante uns 20 ou 30 minutos e só saiu do meu lado quando entrei no trem. Ele foi super simpático. Então, sempre pergunte!!! E outra coisa: olhe as placas, elas estão em todos os lugares e também lhe dizem os pontos turísticos que você pode encontrar perto da estação.

Já quanto aos táxis, já vou avisando que os famosos Black cabs são bem caros!!! Uma boa dica é pegar os mini cabs, que são bem mais baratos. Agora eles não têm taxímetro, então combine o preço antes de chegar aonde você quer ir e sempre pechinche…. Só tenha cuidado em pegar mini cabs registrados e não qualquer um que for se oferecendo na rua…

Galeria de fotos:

Danielly Pacheco

Danielly Pacheco

De: Maceió Para: Londres. A Viajante Danielly embarcou para estudar o verdadeiro inglês britânico e vai compartilhar cada cantinho e particularidade da terra da rainha, acompanhe aqui.

Receba Nossa Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro de todas as novidades e promoções da CI.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.