Top Of The Pops: A jornalista Claudia Assef conta sua experiência no Coachella

Imagem 1_Chamada

Em uma parceria inédita, a CI e o portal Vírgula lançaram o projeto Top Of The Pops, embarcando repórteres viajantes para as cidades dos melhores eventos de entretenimento no mundo.

Em abril, a jornalista especializada em música, Claudia Assef, viajou para os Estados Unidos para realizar a cobertura oficial do Coachella Valley Music and Arts Festival, um dos eventos mais importantes do ano no universo pop.

Ela soltou um vídeo bem legal aqui e conta para gente como foi sua experiência no festival, dicas imperdíveis que todo mundo precisa saber, além de curiosidades dos bastidores do evento. Confira no bate-papo abaixo:

Blog – Quais são as opções de alimentação disponíveis e quais delas você indica e recomenda?

Claudia – No festival tem muitas barracas de comida, com certeza fome você não passa. A maioria das opções eu não curtia muito, tinha muita pizza, corndog, hamburger, hot dog, tacos… Então fiquei fã de duas barraquinhas, uma de comida tailandesa, que seria um pad thai bem gostoso, e uma de frutas orgânicas, que vendia uns copões de frutas variadas por US$ 10. Mas o mais importante no festival é que você tome água o tempo todo!

Imagem 2

Blog – Cite 5 coisas que você deve levar ao Coachella. E conte 5 coisas que é melhor deixar em casa.

Claudia – Com certeza na sua mochila tem que ter:

– Protetor solar

– Lenço (às vezes venta tanto e tem tanta areia que você vai precisar proteger a boca e o nariz)

– Chapéu

– Óculos escuros

– Garrafa d’água

Não leve:

– Bebida alcoólica na mochila (vão confiscar)

– Casaco pesado (um moletom ou jaqueta leve devem bastar)

– Chocolate (vai derreter com certeza, se você tiver vontade deixe pra comprar lá)

– Sapato que aperta (pelamor de deus, vá de tênis ou chinelo)

– Papel higiênico (pode acreditar, mas tem papel nos banheiros do Coachella até o último show do último dia!)

Imagem 3

Blog – Quais foram os melhores shows você viu no Coachella? Por quê?

Claudia – Bryan Ferry, Disclosure, Beck, Queens of The Stone Age, Kate Nash, Haim, Woodkid, Darkside, The Cult, Holy Ghost, Solange,Arcade Fire, Art Department, RL Grime, MGMT, Pharrell Williams, Damian Lazarus, Pet Shop Boys, Outkast, Broken Bells.

Cada um teve seu motivo especial, mas no geral vi todos sozinha, na maior introspeção e podendo prestar total atenção a eles. Foi incrível.

Blog – Como jornalista de música no Brasil, em sua opinião, o que faz do Coachella um dos mais especiais do mundo?

Claudia – A atmosfera meio hipponga contamina o comportamento das pessoas lá dentro e acho que isso faz toda a diferença. Você não vê uma briga, ao contrário, aquilo parece um playground de adultos. Todo mundo superfeliz e a fim de curtir música. Você vê uma liberdade de expressão nas roupas da galera, que você só vê no Brasil no Carnaval. E sem julgamentos, sabe? É muito especial e intenso.

Além disso, há quase 60 shows por dia, dos melhores artistas de indie rock, música eletrônica, hip hop e sons que passeiam por essas vertentes. Você fica totalmente sem saber o que ver, pois as opções são sempre de alto nível. Nunca fui a um festival com a quantidade de shows simultâneos que o Coachella oferece. Pra terminar, a organização do festival é impecável. O que eu falei acima resume bem a parada toda: você encontra papel higiênico até o último segundo do festival. As filas são organizadas e funcionam. Os funcionários são gentis e animados. Olha, tô pra ver evento assim…

Imagem 4

Blog – Enquanto curtimos o roteiro das pessoas comuns, o que as celebridades estão fazendo pelo vale? Como ficar sabendo das festas mais bombadas off-Coachella?

Claudia – Como fui credenciada como jornalista, recebi vários convites pra esses eventos off-Coachella no meu email. Então, não sei como a galera “normal” fica sabendo. Mas de qualquer forma, nem ousei ir a nenhum evento paralelo, porque meu foco era estar no festival e escrever o máximo de matérias e publicar o máximo de fotos que eu conseguisse. Quanto às celebs, olha, elas ficam bem àvonts lá mesmo no Coachella, no meio do povo. Eu vi, a um metro de mim, o Jared Leto curtindo o show da Lorde, o que causou uma certa confusão de fotógrafos em volta. Mas no geral, as pessoas deixam os famosos curtirem o festival, sabe. Mas lógico que sempre tem gente atenta, como a menina que postou um vídeo do Leonardo di Caprio dançando no show do MGMT. Mas nem acho que eles se incomodem com isso, porque estão acostumados a um assédio muito pior.

Blog – Quais são os melhores souvenirs do Coachella, aqueles que você ficou morrendo de vontade de trazer na bagagem?

Claudia – Ah, a enorme barraca de camisetas é um perigo! Eu comprei uma pra mim e camisetinhas infantis pras minhas filhas e uma pro maridão. O risco maior é que ali eles aceitam todos os cartões de crédito hehehehehe.

Blog – Deu tempo de passear nos momentos que você não estava trabalhando? Se sim, quais lugares você visitou?

Claudia – Consegui dar uma volta no centrinho de Palm Springs, aliás, achei a cidade bem fofa, queria ter conseguido conhecer um pouco mais. Mas foi só. O resto do tempo foi totalmente investido no Coachella, com intervalo para algumas horas de sono.

Imagem 5

Blog – Para fechar, deixe seu recado final para quem quer ir para o Coachella ano que vem!

Claudia – Gatos e gatas, façam um favor pra vocês mesmos e estejam no Coachella 2015. Vocês vão me agradecer por essa dica!

Animou? Saiba agora como começar a planejar a sua viagem uber cool pro Coachella. Você vai embarcar com todas as vantagens de ser um Top Of The Pops no exterior.

CI Intercâmbio e Viagem

CI Intercâmbio e Viagem

A CI Intercâmbio e Viagem produz o blog Caia no Mundo e é a maior empresa de intercâmbio e turismo jovem do Brasil. Mais de meio milhão de pessoas já embarcaram com a CI para conhecer o mundo em viagens que unem estudo, trabalho e lazer.

Saiba mais em ci.com.br

Receba Nossa Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro de todas as novidades e promoções da CI.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.