Trecho 05 – Londres

O destino mais esperado. Para Londres eu preparei um roteiro muito especial. Deixei de lado museus/pontos históricos pois já estive lá antes e tive o prazer de ver todas as atrações. Musicais, festas e rever amigos que por lá moram foi a missão da vez

Musicais: assisti dois, Wicked e Viva Forever. O primeiro é considerado um dos melhores em cartaz na cidade e todas as sessões são lotadas. Tive que comprar meu ingresso com dois meses de antecedência para conseguir bons lugares. É um spin-off do clássico Mágico de Oz. Eu mal conseguia piscar o olho. Tudo muito perfeito e o elenco impecável. O número da famosa música Defying Gravity é uma das coisas mais bonitas que já vi. Valeu cada libra gasta. Já o segundo musical é derivado de músicas das Spice Girls, só vale a pena para quem é fã (ah, ele acaba de ser cancelado, quem viu viu, quem não viu não perdeu nada, rs). A região de West End é repleta de musicais e merece um espaço em sua viagem. Tem os clássicos, como coisas que só lá você encontra como Matilda, A Fantástica Fábrica de Chocolates (este estreia em junho), entre outros.

Shows: Vi dois! O primeiro foi de Idina Mendel, conhecida pelo papel de mãe de Rachel em Glee e por sua premiadíssima atuação na versão americana de Wicked. Foi muito bom, ela tem uma voz muito boa. Vi num clube chamado Heaven. Vale a pena conferir a programação, na semana que vem quem fará um show será Agnetha, famosa por ser um dos membros do icônico grupo ABBA! Outro show que vi foi de Beyoncé! Nem pude acreditar que veria o show dela em Londres. A O2 Arena estava lotada em plena terça-feira. O diferencial de ver um show fora do Brasil: não existe empurra-empurra. Todos respeitam seu espaço. Mas não seja espertinho de chegar em cima da hora e achar que ficará na grade. Eles respeitam a ordem de chegada e quem fura fila é vaiado e convidado a ir para o fim da fila.


Encontros especiais: Tive o prazer de encontrar dois ídolos meus. O primeiro foi a banda The Feeling. Uma banda de indie-pop que é bem conhecida por lá. Estive no estúdio deles e fui recebido com muito entusiasmo por eles. O ídolo mais especial que vi foi a Emma Bunton, mais conhecida como Baby Spice. Como fã do famoso grupo dos anos 90, tive mais que prazer em conhecê-la. Ela disse que amava o Brasil e foi muito simpática!

Outros passeios: Comprei o ticket combinado para ir ao Madame Taussaud + London Eye. Por já ter o ingresso pulei boa parte da fila para o museu de cera, mas mesmo assim peguei bons 40 minutos de fila. Eu curti muito e agora eles tem uma nova atração: a boyband One Direction. É de cair o queixo o quanto os bonecos são parecidos com a banda. A London Eye é ótima pedida, mas tente ir num dia de sol (o que é raro) ou você só verá neblina.


Warner Studios – Foi uma das surpresas da viagem. Fiz um passeio pelos sets, cenários e tudo que “restou”dos filmes Harry Potter. É tudo muito perfeito, me senti dentro de Hogwarts, com direito a cerveja de manteiga (que nada mais é que um refrigerante com creme de baunilha) e no fim do passeio há uma loja com tudo o que você puder imaginar relacionado ao filme.


Dicas: como eu havia dito antes, sempre compre ingresso para os passeios, parques, shows e musicais. Evita filas, faz economia e dá para se programar melhor.

Transporte: chegando ao metrô, uma moça que trabalha lá me indicou fazer um Oyster (espécie de Bilhete Único). Aceitei, pois lá se usa metrô para tudo. Economia e conforto em mãos!

Agora a parte de viagens e passeios acabaram e começa o lado sério: volto para Dublin e farei um curso de um mês. 😀 No próximo post conto como estão sendo meus estudos! 😀

Victor Calazans

Victor Calazans

O DJ paulista Victor Calazans, é responsável pelo perfil @hebecamargo no Twitter, com aproximadamente 70 mil seguidores. Também é dono do site Flagrei.com e figura importante da cena underground de São Paulo.

Receba Nossa Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro de todas as novidades e promoções da CI.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.