Uma semana em Paris gastando 10 euros por dia

Paris não é uma das cidades mais econômicas da Europa, mas sabendo onde ir, você pode encontrar opções boas e baratas para o seu roteiro. Se você sonha em visitar a famosa cidade francesa sem gastar muito, não perca nosso guia com dicas de passeios gratuitos, bistrôs, restaurantes universitários e cantinas japonesas para gastar até 10 euros por dia. Vamos nessa?

1º dia – Montmartre

Escolhemos um conhecido cartão-postal como ponto de partida: a Basílica do Sacré Coeur, construída entre 1875 e 1914, um dos pontos turísticos mais altos de Paris, no topo da colina de Montmartre. Após a visita ao interior da igreja, nada como sentar nas escadarias e apreciar a incrível vista panorâmica da Cidade Luz.

O passeio é totalmente gratuito. Como o bairro de Montmartre fica um pouco distante do centro, no 18e arrondissement, aproveite para passar o dia na região. Deixe-se perder pelas ruas estreitas e sinuosas, cheias de cafés, lojas de souvenirs, artistas de rua e, se ainda tiver pique, a noite por lá é bem agitada, viu?

Bateu a fome? Recarregue suas energias no Chartier, que desde 1896 serve parisienses e turistas com cozinha francesa simples e satisfatória. Impossível não se impressionar com os preços, como do prato de frango assado com batatas fritas que saem a 8,70 euros. O restaurante fica próximo à estação de metrô Grands Boulevards.

Mais infos:

http://www.bouillon-chartier.com

imagem_1

2º dia: Torre Eiffel

Agora que já se situou na cidade, vale a pena dar uma conferida se há algum restaurante universitário próximo a você. Conhecidos como CROUS (Centre Régional des Oeuvres Universitaires) estes estabelecimentos oferecem refeições completas (e  com sobremesa!) por apenas 3,10 euros.

Quem decide subir até o topo da Torre Eiffel, além de ter que desembolsar até 15 euros, não vê o mais famoso dos marcos da cidade: o próprio monumento! Para conferir o marco por outro ângulo, e ainda ficar dentro do budget, que tal relaxar e fazer um piquenique no Campo de Marte? Ele possui com uma vista privilegiada da torre e fica logo ao lado do monumento.

Mais infos:

http://www.crous-paris.fr/article.asp?idcat=AAAB

imagem_2_chamada

3º dia: Louvre

Se você nunca pisou em Paris, conhecer o Museu do Louvre é um passeio mais que obrigatório. E se você já foi, volte para descobrir surpresas nas alas mais tranquilas do acervo. Compre seus bilhetes online e fuja das filas, afinal é o museu mais visitado do mundo.

A partir do Jardin de Tuileries, não deixe de passear pela principal avenida da cidade, a Champs-Élysées. Seguindo na direção sudoeste, você pode chegar ao Arco do Triunfo, na Praça Charles de Gaulle. Se você tiver pressa em chegar, as estações de metrô da região mais próximas são Concorde, Charles de Gaulle – Étoile, Champs-Élysées – Clemenceau, Franklin D. Roosevelt e George V.

Depois de um dia inteiro circulando pelas ruas e corredores dos museus, pegue o metrô e desça na estação Pyrénées para apreciar um merecido jantar. O restaurante asiático Cyclo oferece o prato típico bo bun por apenas oito euros.

Mais infos:

www.musee-orangerie.fr7

www.louvre.fr

http://www.yelp.fr/biz/cyclo-paris

imagem_3

4º dia: Buttes-Chaumont

Longe dos picos turísticos, o Parque de Buttes-Chaumont é o mais elevado de Paris, um super oásis verde no meio da cidade.  Entre caminhos íngremes e muita vegetação, o parque esconde surpresas como grutas, grandes rochas e um lago artificial.

Procura ainda mais economia nas opções de alimentação? Se você estiver em um albergue com cozinha, experimente a comida congelada dos parisienses. Ela é muito boa e muito barata. Você vai achar de tudo um pouco em lojas de redes como a Picard. Uma pizza grande margherita sai por menos de € 3, ou um prato individual com peixe grelhado, arroz e legumes por € 1,90.

Mais infos:

http://butteschaumont.free.fr

http://www.picard.fr

imagem_4

5º dia: Le Marais

No coração de Paris, o Le Marais é um bairro eclético e agitado. Nas ruazinhas antigas, entre o Hotel de Ville e a Bastilha, você vai encontrar opções de restaurantes e bares, lojas vintage e modernas, além de outros points de interese. É mais um espaço que merece ser explorado durante horas.

Aproveite sua passagem pelo bairro para comer um delicioso falafel por apenas €5.50. No L’as du Falafel, uma lanchonete popular do bairro, filas se formam na porta, mas o atendimento costuma ser rápido.

Deixe-se ainda levar pela região norte da cidade e percorra as margens do Canal St-Martin, entre a Praça de Republique e a estação de trens de Gare du Nord. São mais de 4 km de extensão, um passeio charmoso entre as diferentes pontes.

Mais infos:

http://www.yelp.com.br/biz/l-as-du-fallafel-paris

imagem_5

6º dia: Pompidou

Já no coração da cidade, o Centro Georges Pompidou é um dos principais marcos culturais de Paris, com atividades e exposições temporárias pra você não gastar um tostão.

Se a fome for grande, tem um bistrô legal bem perto do Centro Georges Pompidou: o Au Duc de Montmorency, onde o chef traz uma pitada de ousadia aos clássicos de bistrô francês. Os “plats du jour” muitas vezes custam abaixo dos nove euros.

Vai à Paris no comecinho das férias? O festival de rua Entrez Dans la Dance vai levar diversas companhias de dança para se apresentam nas ruas, praças e parques da cidade e todos os espetáculos são gratuitos. Em 2014, o evento rola no dia 1º de junho.

Mais infos:

www.entrezdansladance.fr

imagem_6

7º dia: Au Revoir, Paris

Não pense que acabou, não. A vibrante Belleville, tomada por imigrantes chineses, magrebinos e de outras origens é um tradicional bairro boêmio parisiense. Ao chegar ao topo do elevado parque local, brinde essa diversidade com uma privilegiada vista panorâmica de Paris.

Aproveitando a inspiração multicultural, visite Little Tokyo. Este pedacinho do Japão ocupa a rua de Saint-Anne. Lá você vai se deparar com lojas, mercadinhos e os mais tradicionais restaurantes japas da Cidade Luz. Se esbalde na cantina Higuma. Eles servem uma tigela enorme de arroz, macarrão ou sopa com carne, frutos do mar ou salada. Sai a 10 euros completo, ou só o macarrão, por 7. A estação de metrô mais próxima é a Pyramides.

Tire sua última horinha em Paris para dar uma volta pelo Porte de Clignancourt, o mercado de pulgas mais conhecido da cidade. Uma ótima oportunidade de trazer um souvenir único para seus amigos. A feira abre aos finais de semana e também às segundas.

Mais infos:

http://www.higuma.fr

abre_imagem7

Paris, uma cidade que você pode explorar quase inteirinha à pé é um destino tanto para fazer o seu próximo Mochilão. Lembre-se de levar o seu CI Travel Money que você usa em diversos restaurantes e lojas.

CI Intercâmbio e Viagem

CI Intercâmbio e Viagem

A CI Intercâmbio e Viagem produz o blog Caia no Mundo e é a maior empresa de intercâmbio e turismo jovem do Brasil. Mais de meio milhão de pessoas já embarcaram com a CI para conhecer o mundo em viagens que unem estudo, trabalho e lazer.

Saiba mais em ci.com.br

Receba Nossa Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro de todas as novidades e promoções da CI.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.