Estação Atocha | foto: flickr.com/photos/gpoo

¡ Vamos a Madrid !

Continuando com as sugestões dadas por nossos amigos do Facebook, o Thiago Lopes postou lá em nossa fanpage que está indo para Madrid e queria dicas de passeios.  Pois bem, estamos aqui com um guia de passeios para fazer por Madrid. Olé!

Antes de tudo, vamos saber um pouco mais sobre a cidade de Madrid? Ela fica exatamente na zona central da Península Ibérica e foi construída às margens do rio Manzanares, bem no centro da Espanha. Madrid, assim como outras cidades da Europa, contrasta o velho e o novo. Não se espante se você estiver andando por uma rua asfaltada e se deparar com paralelepípedos do século 17. O charme da cidade são esses pequenos achados.

Já que nos localizamos, bora saber o que tem de melhor para se fazer por lá. 😉

Estação Atocha | foto: flickr.com/photos/gpoo

Se você optar por chegar a Madrid de trem, possivelmente desembarcará na estação Atocha, um enorme edifício de ferro e vidro projetado por Alberto Palacios e Gustave Eiffel. Se por fora ela já é linda, por dentro você irá se surpreender. O jardim dentro da estação é uma atração à parte. A impressão que dá é que você está num bosque e não em uma estação de trem.

Museo Reina Sofia | foto: flickr.com/photos/raelala

Bem próximo à Estação Atocha fica o Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofía, ou apenas Museo Reina Sofía. Construído em um antigo hospital, o museu possui obras transferidas do Museo del Prado. Dos quatro andares, dois são para exposições temporárias e os outros dois para a coleção permanente, que inclui obras abstratas, Pop Art e Minimalistas. O maior destaque é sem dúvida alguma o famoso quadro de Pablo Picasso: Guernica.

Guernica / Pablo Picasso | foto: flickr.com/photos/geobeat

Você Sabia? O Quadro Guernica foi encomendado pelo governo espanhol para uma exposição em Paris, como um protesto contra a Guerra Civil. O desejo de Picasso era que o quadro só voltasse para a Espanha depois que a democracia fosse estabelecida. Assim, ele ficou exposto em Nova York e, em 1981, voltou para a Espanha, no Museu do Prado, e, desde 1992, para o Museo de la Reina Sofía.

Além de quadros, o museu ainda possui uma vasta coleção de livros de arte do século 20.

Fique Ligado: Aos sábados e domingos, em determinados horários, você poderá conhecer o museu gratuitamente. Informe-se na bilheteria.

Museo del Prado | foto: flickr.com/photos/laurapadgett

Continuando o passeio em museus de Madrid – a cidade, aliás, possui vários –, outro lugar que você precisa conhecer é o Museo del Prado, o mais importante da Espanha. Ele foi construído a mando do rei Carlos III e demorou anos para ser finalizado. Em 19 de novembro de 1819 foi inaugurado. A coleção de pinturas do museu é composta de obras espanholas, francesas, flamencas, alemãs e italianas. A coleção do Prado é uma das mais valiosas do mundo inteiro. Pudera. Por lá, você encontra obras de Velásquez, Goya, Caravaggio, Botticelli, entre muitos outros.

Fique Ligado: De terça a sábado, após as 18h, a entrada do museu é gratuita. Aos domingos, é de graça após as 17h. Você pode ver as obras expostas no museu em altíssima resolução no site deles.

A gente sabe que visitar museus não é um dos programas mais legais para se fazer, mas esses dois valem muito a pena. Não só pela história que envolve a arte, mas também pelos agradáveis jardins ao redor dos prédios. 😉

Estádio Santiago Bernabeu (Real Madrid) | foto: flickr.com/photos/uggboy

Seu negócio é futebol? Que tal conhecer então a Meca dos madrilenhos? Vá ao estádio Santiago Bernabeu, o estádio do Real Madrid. Por lá é possível fazer um tour e conhecer os vestiários (que possuem até spas!), caminhar pelo túnel que antecede o gramado, sentar no banco de reservas, visitar a tribuna de honra, a sala de imprensa e, claro, terminar o tour dentro da lojinha de souvenirs do time. Esse passeio é legal até para quem não gosta de futebol. Reserve umas 2 horas e alguma graninha extra para conhecer o lugar. Vale a pena.

Fique Ligado: Em dias de jogo, o horário de visitação é alterado. Consulte o site para saber mais informações sobre o tour.

Restaurante Botin | foto: Divulgação

A fome apertou? Faça uma refeição no restaurante mais antigo do mundo, segundo o Guinness Book (clique aqui para ver o certificado). O El Botin, desde 1725 no mesmo lugar, na parte antiga de Madrid, tem como especialidade o cochinillo assado (leitão assado) e o cordero assado (cordeiro assado). Mencionado no livro Fortunata y Jacinta de Benito Pérez Galdós (publicado em 1886), muitos dizem que Goya supostamente trabalhou por lá antes de se tornar pintor e Hemingway era um visitante frequente.

Dica: Comer no El Botín não é muito barato (em torno de 40 euros uma refeição completa). Aproveite que ele está situado próximo à Playa Mayor de Madrid e vá apenas para conhecer, deixando para comer em outro restaurante próximo. Caso você queira saborear os pratos, não se esqueça de fazer a reserva com pelo menos dois dias de antecedência.

Ufa! Se você acha que acabou, está muito enganado. Madrid possui outras atrações como a Gran Via, Puerta e Alcalá, Museo Goya… Mas bem, isso é assunto para um próximo post. ; )

 

CI Intercâmbio e Viagem

CI Intercâmbio e Viagem

A CI Intercâmbio e Viagem produz o blog Caia no Mundo e é a maior empresa de intercâmbio e turismo jovem do Brasil. Mais de meio milhão de pessoas já embarcaram com a CI para conhecer o mundo em viagens que unem estudo, trabalho e lazer.

Saiba mais em ci.com.br

Receba Nossa Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro de todas as novidades e promoções da CI.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.